Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2019

Estudantes do CEPES ficam entre os primeiros colocados na Corrida dos Bancários em Salvador

Imagem
Maria São Pedro da Silva Fiuza, Denilson Sena Castro, Jailton Silva Sena e Jailson Silva Sena, estudantes do Colégio Estadual Professor Edgard Santos – CEPES (Governador Mangabeira), ficaram entre os primeiros colocados na 23º Corrida dos Bancários em Salvador, neste domingo (23/08), a qual contou com mais de 800 participantes dos sexos masculino e feminino. Os jovens atletas, também fazem parte dos projetos sociais Largue a Enxada Correndo e Portão Aberto. Veja abaixo a colocação da atleta e dos atletas na mencionada corrida. Maria São Pedro da Silva Fiuza – 1º lugar feminino / percurso: 8,2 km / tempo: 00:33:24 / participantes: 316. Denilson Sena Castro – 1º lugar na categoria 18 a 29 ano / 5º lugar no geral / percurso: 8,2 km / tempo: 00:28:18 / participantes: 529. Jailton Silva Sena – 2º lugar na categoria 18 a 29 anos / 13º lugar no geral / percurso: 8,2 km / tempo: 00:30:16 / participantes: 529. Jailson Silva Sena – 4º lugar na categoria 18 a 29 an

Estudantes do CEPES participam de aula de campo em Salvador

Imagem
Estudantes do Colégio Estadual Professor Edgard Santos CEPES, localizado no município de Governador Mangabeira (a 119 km de Salvador), participaram de uma atividade pedagógica na capital baiana nesta sexta-feira (23). Ao todo 51 alunos, com faixa etária entre 16 a 18 anos do 2º ano do Ensino Médio, estiveram presente na aula de campo no Centro Histórico de Salvador e no Museu Náutico, no Farol da Barra. A atividade pedagógica envolveu estudos sobre o Brasil Colônia, a exemplo de como Salvador se tornou a primeira capital do Brasil e a estrutura arquitetônica da época. Os alunos aprofundaram os estudos sobre a cultura africana e como os negros tiveram participação ativa no processo de povoamento pós-descobrimento do Brasil. Já na visita ao Museu Náutico, os estudantes aprenderam como era a navegação nos séculos XV e XVI, que possibilitou a chegada dos portugueses ao Brasil. O professor de História, Luís Carlos Borges da Silva, destacou a importância de atividades co

IRMANDADE DA BOA MORTE: UM BREVE HISTÓRICO

Imagem
Anualmente, dezenas de mulheres cruzam as ruas de Cachoeira, cidade histórica do recôncavo da Bahia, a cerca de 117 quilômetros de Salvador, com a missão de reforçar junto com a comunidade uma das festas seculares mais fortes da terra: a Irmandade da Boa Morte e Glória. Celebrado há mais 200 anos, o festejo sempre ocorreu em agosto, mês dedicado à Nossa Senhora. Neste ano, o evento, que é considerado Patrimônio Imaterial da Bahia desde 2010, começa nesta terça-feira (13) e segue até o próximo sábado (17). [Veja programação no final da matéria] “Pedir uma boa morte sempre se fez presente. Quando os negros não eram bem tratados, sempre pediam uma boa morte. Pedíamos a interseção de Maria, para morrer bem junto a ela”, disse Nilza Prado, que tem 78 anos e há 22 foi iniciada no grupo. Atualmente, a festa atrai pessoas de diversos lugares, incluindo estrangeiros. Apesar disso, as irmãs lutam para que o grupo não acabe. “É uma festa muito grande,

Maurício Silveira Pinheiro: o mais novo Dentista de Governador Mangabeira

Imagem
Ontem (03/08/2018), aconteceu a formatura da turma 2019.1, do curso de Odontologia da FAMAM – Faculdade Maria Milza, entre os formandos estava o mangabeirense MAURICIO SILVEIRA PINHEIRO. O evento aconteceu na quadra poliesportiva do campus da mencionada instituição, localizado no município de Governador Mangabeira, sendo que ao todo foram 35 concluintes oriundos de várias cidades da Bahia. Maurício Silveira Pinheiro, também foi o orador da turma. Durante sua oratória enfatizou as características da turma, as dificuldades enfrentadas pelos alunos para concluir o curso e o apoio dos pais e professores para a realização desse grande sonho, ou seja, a conclusão do curso de Odontologia. Conclui sua fala com um trecho de música de Raul Seixas: “Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade”. Oriundo de família humilde, Mauricio cursou toda sua educação básica na escola pública, sendo o Ensino Médio no Colégio Est