quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

NOTA DE PESAR PELO FALECIMENTO DO PROFESSOR AGNALDO VIANA PEREIRA


“Desejo externar a toda família do professor AGNALDO VIANA PEREIRA, os meus sentimentos pelo seu falecimento (01/12/2016). Sem dúvidas senhor Agnaldo, será sempre lembrando como uma das maiores personalidades da história do município de Governador Mangabeira, quer seja na luta pela emancipação política, como pela ideia de implementação de uma educação de qualidade para todos e todas. Tive o privilégio de estudar com o professor Agnaldo no CECOM, com suas aulas aprendi muitas coisas valiosas, além do mesmo ser um dos incentivadores do início da minha carreira de professor de história. Também vale salientar, o lado fraterno de senhor Agnaldo, pois procurava ajudar a todos, principalmente no que se refere na busca por uma formação educacional. Por certo, os feitos do senhor Agnaldo, serão sempre lembrados pelo povo mangabeirense, afinal ele foi o primeiro prefeito do nosso município e contribuiu para a formação intelectual de várias gerações através do CECOM”, salienta o professor Borges.

Breve Biografia

AGNALDO VIANA PEREIRA, nasceu em Nazaré das Farinhas, em 09 de maio de 1928, sendo seus pais João Alexandre Pereira Candido e Cândida Viana Pereira. Aos 16 anos ingressou na Marinha, já em 1956, através de concurso público se tornou coletor de impostos na atual cidade de Jaguaripe. Em 1959 passou exercer essa função na então Vila das Cabeças, quando se envolveu no processo de emancipação política da Vila, que em 1962 se transformou em município de Governador Mangabeira, do qual o senhor Agnaldo foi o primeiro prefeito (1963-1967), retornando a exercer essa função nos anos de 1973 a 1977. Tinha uma visão política progressista, inclinada para uma ideologia de esquerda, ao ponto de ser procurado pelos militares para ser preso durante o Golpe de 1964.
Como prefeito, realizou diversas obras, a exemplo da construção de prédios escolares (Queimadas, Mangabeira e Quixabeira), as estradas de Aldeia e do Riacho das Pedras, implantação a Associação de Proteção a Maternidade e a Infância e abastecimento de água, porém foi na área da educação o principal feito realizado pelo professor Agnaldo, ou seja, a instalação do Ginásio Otávio Mangabeira (1964), do qual foi diretor e professor, sendo mantida pela CNEC – Campanha Nacional de Escolas da Comunidade. Anos depois, a escola passou a se chamar Centro Educacional Cenecista Otávio Mangabeira (CECOM). Vale mencionar, que essa unidade de ensino foi responsável pela formação educacional de muitos mangabeirenses, através de um modelo de ensino de qualidade, pautado nos princípios humanistas.
AGNALDO VIANA PEREIRA, era casado com a professora Isabel Freire Pimentel Pereira, com que teve seis filhos (Agnaldo Filho, Rita, Antônio, Maria das Graças, Cândida Maria e Isaldo). Faleceu deixando um grande legado, em especial a contribuição para emancipação política do nosso município e para a educação de milhares de mangabeirenses, enfatizando que hoje já existem duas escolas com seu nome: Centro Educacional Professor Agnaldo Viana Pereira (CEPAVP), localizado na comunidade de Quixabeira e o Colégio Viana, situado na sede do município. 
Encerro essa homenagem com uma das frases que ele mais gostava de externar: “Quem não vive para servir, não serve para viver” e com o hino do CECOM, sendo a letra de sua autoria.

Ginásio Otávio Mangabeira
É a escola querida
A nossa mocidade autoneira
É a seiva da sua própria vida
Cenecistas apostos, 
Avante a pátria ser servil
Nosso ideal é muito expresso
Estudar e ser útil ao país
Ó grande estadista Mangabeira

Que a Bahia inteira consagra
É para tua grande estrela 
Símbolo da terra amada
Nosso lema é o progresso
Das nossas mentes juvenis
Temos ideal já bem expresso
Estudar e ser útil ao país

VALEU PROFESSOR AGNALDO VIANA PEREIRA!!!
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D