sábado, 4 de fevereiro de 2012

Capital registra 35 homicídios em 48h e onda de saques

Cenário de caos na Grande Salvador, na sexta, dia 03, no quarto dia da paralisação de parte dos policiais militares. Ocorreram homicídios, saques a estabelecimento comerciais, e o desespero da população nas ruas da cidade. Os números das ocorrências refletem a insegurança: em menos de 48 horas foram 35 homicídios em Salvador e Região Metropolitana, de acordo com registros da Secretaria de Segurança Pública.
Apenas em Pituaçu, na sexta, foram mortas quatro pessoas de identidade ignorada. Também foram registrados homicídios em Ipitanga,  Sete de Abril, Engomadeira, Madre de Deus, Jaguaribe, Bom Juá, Vila Canária e Liberdade.
Diversas lojas foram saqueadas, entre as quais cinco são da Cesta do Povo. As lojas da Cesta do Povo dos bairros de Caixa D'Água, Ogunjá, Liberdade, Mata Escura e Pirajá sofreram arrombamentos.  Na Mata Escura, só restaram as prateleiras.
Na madrugada, as lojas da Casas Bahia e Laser Eletro, da Av. Lima e Silva, na Liberdade, foram saqueadas. Apenas mercadorias de grande porte como geladeiras e fogões não foram levadas. Na Sete Portas, a loja da Ricardo Eletro teve eletrodomésticos roubados após ter a porta arregaçada. Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D