segunda-feira, 9 de março de 2020

Lançamento do livro “Apenas um Rabiscador”, autor: Evandro Mota de Andrade

1 comentários




No último sábado (07/03/2020), na Escola São Luís, cidade de Muritiba, aconteceu o lançamento do livro “APENAS UM RABISCADOR”, escrito pelo poeta Evandro Mota de Andrade. O evento contou com a presença de centenas de pessoas (familiares, amigos, professores, estudantes, autoridades, comerciantes e outros), que foram prestigiar esse sonho realizado pelo mencionado autor, carinhosamente conhecido por todos como “Papai Noel”.

O livro – “Apenas um Rabiscador”, contempla a trajetória de poeta de Evandro Mota, contendo um conjunto de poesias que aborda temáticas diversas, dentre as quais podemos destacar: família, amor, religião, lugares, tradições, festas, humor e outras. Através de uma linguagem simples e regionalizada, nos poemas, o autor faz uma viagem a seu passado, valorizando o universo da memória, principalmente das suas raízes familiares e de um pertencimento a um lugar, bem como, fortalece a ideia de identidade local, a partir de sua origem na Vila de Cabeça (atualmente Governador Mangabeira), até sua vivência na cidade de Muritiba;

“O carro-de-boi do meu pai,  
Quanto mais veio, mas canta; 
Quem anda cum Deus não cai 
E se cai, Deus levanta!” (ANDRADE, p. 13).

"Se você quer visitar a minha terra, 
Porém sua identidade não foi dada,
Adianto que ela fica lá na serra
E é a minha Muritiba abençoada” (ANDRADE, p. 34).

"Finalmente, tô feliz,
Pruque agora eu fiz,
O qui eu tanto quiria;
Fala tim tim por tim tim
Sobre a festa do Bonfim,
De Muritiba, Bahia!" (ANDRADRE, p. 39).

O livro, conta com uma abertura do jovem escritor muritibano – Edgard Abbehusen e um prefácio do pastor Cláudio Márcio Rebouças da Silva, também consta um posfácio – “Remexendo o Baú”, escrito pela professora Joicemary Andrade Pires, filha do citado autor.

Evandro Mota de Andrade, nasceu em 1937, na Fazenda Portãozinho, na Vila de Cabeças, atualmente cidade de Governador Mangabeira. Filho de “Seu” Norberto e Dona Maria, casou- com Jirlene Andrade, dando origem a cinco filhos e dez netos. Possui uma vida social intensa, envolvendo-se com diversas atividades na cidade de Muritiba. Também, vale mencionar sua representação no período natalino da figura de Pai Noel, atividade que passou a desenvolver a partir do final da década de 70, lhe proporcionou o carinhoso apelido de “Pai Noel”.

“Parabenizo a Evandro Mota pelo lançamento do qualificado livro, algo que condecora a sua brilhante trajetória como poeta, bem como, pela forma como são elaboradas suas poesias, ricas em detalhes e com uma relevante representação simbólica, cultural e local, firmando a importância da memória para a construção do conhecimento e valorização da história local e regional. PARABÉNS!!!”, enfatizou o professor Borges, que esteve presente no lançamento do livro, juntamente com sua esposa Mirian Flores da Silva.
Continue lendo ...

domingo, 8 de março de 2020

Associação dos Moradores do Bairro do Portão, realiza atividade em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres

0 comentários





Ontem (07/03/2020), a nova diretoria da Associação Beneficente de Desenvolvimento Comunitário e Agrícola do Bairro do Portão - ABDCAP (Governador Mangabeira), através da coordenação do seu novo presidente Jadeilson Gomes, realizou um evento em comemoração ao Dia Internacional das Mulheres (08/03). Inicialmente aconteceu uma roda de conversas com temáticas relacionadas ao cotidiano feminino, sendo que a estudante de História da UFRB – Jucélia Costa, abordou o tema: a origem do 8 de Março, já a enfermeira da hospital de São Félix e graduada pelo IAENE-  Zenilda Leite, discorreu acerca do tema: coisas de Mulher, a Agente e Terapeuta Comunitária – Janilda Paz, enfatizou o tema: a Importância da Autoestima e Autodeterminação na vida das Mulheres  e a artesã Maria Ana dos Santos, mencionou a temática: geração de renda para as Mulheres através do artesanato.

Em seguida aconteceu uma representativa roda de capoeira, com componentes do grupo Berimbau Maneiro, composto com pessoas do bairro do Portão e da localidade de Queimadas Velha, sendo o coordenador o professor Alexsandro Sales. Após essa relevante apresentação cultural, o presidente Jadeilson Gomes, anunciou novas conquistas para os associados, como o curso de artesanato e diálogos para aquisição de uma máquina niveladora para horta comunitária, parceria entre a Associação, IF baiano e CAR, também mencionou o encaminhamento da regularização do CNPJ da instituição juntos aos órgãos competentes. Por fim, foram realizados sorteios de brindes e servido um delicioso lanche.

Ressaltando que a Associação dos Moradores do bairro do Portão foi fundada em 1998, porém nos últimos anos estava sem funcionar, sendo reativada em agosto de 2019, através da iniciativa de alguns associados com o apoio de Jadeilson Gomes. Nessa restruturação da ABDCAP, foram incorporadas as ações dos grupos:  Berimbau Maneiro de Capoeira e de Mulheres Artesãs.

A atual diretoria da é composta por: presidente – Jadeilson Gomes de Oliveira, vice-presidente – Ana Maria dos Santos, 1ª secretária – Jucélia Costa da Silva, 2ª secretária – Maria Invenção de Moura Gonçalves, tesoureiro – Alexandro Sales de Almeida, 2ª tesoureira - Janete de Almeida Teixeira, conselho fiscal- Eliane da Rocha Brandão, Maria Gleudes dos Santos Reis e Sônia Maria Sales de Almeida.

“Parabenizo a Associação dos Moradores do Bairro do Portão, pela realização dessa significativa atividade, quando enfatizou a importância histórica e social do Dia Internacional das Mulheres, bem como a luta feminina por direitos iguais e a necessidade do empoderamento. Também, parabenizo ao grupo de capoeira Berimbau Maneiro pela bonita apresentação, de igual forma o grupo de Mulheres Artesãs pelo trabalho desenvolvido nessa área. Ainda parabenizo ao novo presidente da ABDCAP – Jadeilson Gomes e todos os associados pela restruturação da entidade e pelas novas conquistas”, salientou professor Borges, que esteve presente no mencionado evento.
Continue lendo ...

quarta-feira, 4 de março de 2020

SOBRE A IMPORTÂNCIA DO ATO DE ESTUDAR

14 comentários
Por: João Paulo Alves Santana.

É notório que o estudo é, antes de tudo, uma das ferramentas mais importantes, ou a maior, para à lapidação do intelecto. E não apenas do intelecto, o resultado do estudo sistematizado, que consiste no conhecimento, tem de ser “vivo”, isto é, deve ser exteriorizado, vivenciado e difundido na prática, visto que o conhecimento é dialético.

Estudar faz com que não nos habituemos à ignorância, haja vista que fazê-lo possibilita novos horizontes, e muitas vezes, horizontes longínquos, os quais não imaginaríamos estarem disponíveis ao nosso alcance. Isso significa que devemos estudar tudo para que nos desvinculemos da ignorância? Obviamente que não, não há possibilidade de conhecermos tudo, ainda que tivéssemos o interesse pelo “tudo”, tendo em vista que o fruto do estudo, portanto o conhecimento, é vasto.

Em contrapartida, devemos estudar aquilo que importa, (importar vem do latim e significa “levar para dentro”) aquilo que nos toca, o que não significa que o estudo seja/esteja limitado ao nosso subjetivismo, o que também é um erro. É de suma importância que não confundamos informação com conhecimento, sobretudo na era em que esta vigora com bastante primazia. Informação é cumulativa e rasa, é a interpretação superficial de algo. O conhecimento, que nada mais é do que apropriação da cultura, não obstante, é seletivo e profundo e está em construção dinâmica.

Em suma, o ato de estudar permite a compreensão lógica da realidade, constitui-nos e dá sentido às coisas, além de permitir que modifiquemos o lócus no qual estamos inseridos e, por consequência disso, intencionemos à emancipação humana, isto é, o estado de completude consigo próprio, com a natureza e com a sociedade como um todo.

João Paulo Alves Santana - é estudante do curso de Educação Física da Faculdade Maria Milza - FAMAM, cursou o Ensino Médio no Colégio Estadual Professor Edgard Santos (CEPES), município de Governador Mangabeira. Além da Educação Física, possui grande interesse pela Filosofia.

Continue lendo ...
 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D