segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Dia da Consciência Negra: origem e importância


POR QUE DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA?

A comemoração do dia 20 de novembro como data negra foi lançada nacionalmente em 1971 pelo Grupo Palmares, de Porto Alegre. A princípio em contestação a ideia do 13 de maio, abolição formal da escravatura.
O treze de maio não satisfazia, não havia por que comemorá-lo.  A abolição só estava no papel, a lei não determinara medidas concretas, práticas, palpáveis em favor do negro.
Em 20 de novembro de 1978 o Movimento Negro Unificado (MNU), escolheu a figura de Zumbi como símbolo de luta dos negros contra a opressão e a data de 20 de novembro como dia nacional da Consciência Negra.
Palmares foi uma passagem marcante na história do negro no Brasil, um século de liberdade e luta contra o escravismo.
Em 2003, através da lei 10.639, o presidente Lula oficializou a data 20 de novembro como o dia nacional da Consciência Negra e Zumbi foi elevado a categoria de Herói Nacional.
A lei 10.639/03, também estabeleceu a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira em todas as escolas do ensino fundamental e médio do país.
Atualmente em muitas cidades do país no dia 20 de novembro é feriado, inclusive em Governador Mangabeira.
A partir de uma articulação da então Secretaria de Promoção da Igualdade - SEPROMI e a Câmara de Vereadores, por iniciativa do vereador Nerinho, em 2014 foi aprovada a emenda a Lei Orgânica Municipal (001/2014), que instituiu feriado municipal em homenagem a Zumbi dos Palmares.

PARA QUE O DIA DA CONCIÊNCIA NEGRA?

Comemorar, o Dia da Consciência Negra nesta data é uma forma de manter viva em nossa memória as lutas do povo negro e a figura de Zumbi de Palmares, herói do povo no Brasil. Não somente a imagem do líder que Zumbi possuía, mas também sua importância na luta para o fim da escravidão e pela melhoria das condições de vida para o povo no país.
A criação desta data foi importante, pois serve como um momento de conscientização e reflexão sobre a importância da história dos negros no Brasil, bem como suas contribuições para a formação da identidade nacional, em especial nos aspectos políticos, sociais, econômicos, linguístico, religioso, gastronômico, musical, estético, artístico e outros.
Além desses aspectos, o dia da consciência negra serve para gerar debates e reflexões acerca da situação dos negros e negras no Brasil, buscando a praticidade de políticas públicas de reparação e afirmação, bem como, a ampliação da representatividade da população negras em espaços de poder e destaques na sociedade brasileira, pois a maioria da população do Brasil é formada por negros e negras.
SALVE ZUMBI DOS PALMARES.

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D