sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Projeto de Lei aprovado no Senado amplia cotas na Ufba e na UFRB

As duas universidades federais da Bahia adotam atualmente sistema de cotas que destina 45% das vagas a estudantes oriundos de escolas públicas, com subdivisões entre afrodescendentes e indígenas de acordo com a predominância das cores ou raças. Caso o projeto de lei aprovado na terça-feira (7) pelo Senado seja sancionado pela presidente Dilma Rousseff, a Universidade Federal da Bahia (Ufba) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) terão de promover adequação na política de cotas. O projeto do Senado cria uma reserva de 50% de vagas para alunos da rede pública. O texto determina ainda que parte dessa reserva seja destinada a cotas raciais e de renda.
No vestibular 2012, a Ufba ofereceu o total de 7.951 vagas para os cursos de graduação (incluindo todas as modalidades). Isso significa que destas, 3.578 vagas eram destinadas ao sistema de cotas. Com a mudança, a universidade teria de acrescer aproximadamente 400 vagas à reserva. Fonte: G1 Bahia
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D