sexta-feira, 6 de julho de 2012

MP vai mediar negociação entre governo estadual e professores

O Ministério Público (MP) divulgou comunicado na manhã desta sexta-feira (6), informando que a partir de agora assumirá a postura de agente mediador para realizar a negociação entre o governo e os professores do estado da Bahia. Em nota, o MP explica que "tentará fazer uma mediação na busca de construção de um consenso”.
Nesta quinta-feira (5), professores da rede estadual, em greve há 87 dias, protestaram em frente ao órgão, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e os promotores de Justiça Márcio Fahel, José Vicente Lima, Luís Cláudio Nogueira, Roberto Gomes e Marcelo Guedes receberam as lideranças do movimento grevista para uma reunião.
Ficou definido que o Ministério Público tentará através de alguns de seus órgãos, um esforço adicional de mediação na busca da construção de um consenso entre a categoria e o governo do estado. Os próximos passos da negociação ainda não foram informados pelo MP.
Para tentar dar um fim à greve, alguns estudantes se reuniram no Colégio Central e elaboraram uma proposta de mediação. Entre os apontamentos, está o pagamento do reajuste em duas parcelas: novembro deste ano e janeiro de 2013.
Reivindicação - Os professores pedem 22,22% de reajuste pagos ainda esse ano. O governo não aceita a proposta e oferece aos professores licenciados, em novembro de 2012, promoção por meio de curso, com ganho real de 7%. Em abril de 2013, nova promoção, também com ganho real de 7%, para os licenciados. Fonte Atarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D