segunda-feira, 27 de junho de 2011

Parada Gay leva quatro milhões de pessoas à Avenida Paulista

Terminou, por volta das 20h, a Parada Gay de São Paulo. Quatro milhões de pessoas participaram da festa, que, este ano, comemorou aniversário de 15 anos.
A comemoração foi com valsa e debaixo de chuva mesmo. A Paulista ficou tomada de gente e de cores. Para dar um tempero ao evento, teve polêmica com a Igreja Católica por causa dos cartazes com imagens de santos espalhados pela Avenida.
Choveu, e, mesmo sem a ajuda do sol, o arco-íris brilhou. Era aniversário de 15 anos da Parada. Os convidados chegavam a todo momento, de cara limpa ou trazendo a alegria estampada no visual.
A decoração da festa é que não fez muito sucesso. Os cartazes de uma campanha para o uso da camisinha, com imagens de santos musculosos, não agradou a igreja. “Isso ofende profundamente, fere o sentimento religioso do povo. O uso debochado da imagem dos santos é ofensivo e desrespeitoso, nós desaprovamos”, criticou Dom Odilo Scherer.
As personalidades mais antigas do mundo e as mais poderosas apareceram. Alguns políticos também. Isso sem falar em quem atravessou o oceano só para ver o desfile passar.
A noite caiu e ninguém se abalou. Os trios elétricos e as milhares de pessoas lotam as ruas com o mesmo pique. Com 15 anos bem comemorados, a Parada Gay se despediu de 2011.
Segundo os organizadores, a Parada do Orgulho Gay reuniu quatro milhões de pessoas ao longo do dia. Fonte: Bom dia Brasil
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D