terça-feira, 26 de abril de 2011

Uneb: professores estão em greve por tempo indeterminado

Professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) estão em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia na manhã desta terça-feira, 26, no campus principal, do Cabula. Com a participação de 187 professores, a decisão teve apenas 30 votos contrários e 19 abstenções. 
A categoria protestou desde o início do dia no campus e fez uma queima do Judas com a imagem do governador Jaques Wagner, simbolizando o que chamam de “traição do governador às demandas da Educação”.
De acordo com informações da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), os portões ficaram fechados até o início da assembleia, às 10h30, que contou com a presença de diversos setores da universidade, inclusive de alunos. Após o termino da reunião, o portões voltaram a ser fechados.
A categoria aprovou o indicativo de greve em assembleia geral no último dia 13 de abril, quando 125 professores estiveram presentes no encontro. O objetivo das manifestações é revogar o Decreto 12.583/2011, que determina a atual situação de “estrangulamento orçamentário” nas universidades estaduais na Bahia, além da retirada de direito dos docentes, como retirada de licenças para especializações, e arrocho salarial.
Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D