Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2021

Mega da Virada: o que a ciência diz sobre chances de ganhar na loteria

Imagem
  Às 20h do dia 31 de dezembro, o Brasil pode ganhar novos milionários: os vencedores do prêmio de R$ 350 milhões da Mega-Sena da Virada, cujo sorteio será realizado nesse horário. Há formas de aumentar a probabilidade de ganhar? Existem combinações e números com mais ou menos chances? E participar de bolões e jogos coletivos, aumenta a probabilidade de ter que se preocupar com uma eventual taxação de fortunas? O que é mais provável? ser atingido por um raio, nascer com seis dedos na mão, ser mordido por um tubarão ou ganhar na Mega da Virada? A BBC News Brasil conversou com quatro matemáticos para responder a essa e outras dúvidas. Confira enquanto você ainda não pode pagar alguém para ler as notícias para você. E lembre-se de que é possível fazer sua aposta até às 17h do dia 31. Quais as chances de uma pessoa ganhar na loteria? Segundo Diego Marques, professor do Departamento de Matemática da UnB (Universidade de Brasília), o que define as chances de uma pessoa ganhar na loteria

Por que Jesus ser negro incomoda tanto?

Imagem
  Há dois anos, a Disney anunciou que a jovem atriz Halle Bailey seria a protagonista da animação filmada em live-action de  A Pequena Sereia . Estaria tudo bem, não fosse o pequeno detalhe: a atriz é uma jovem mulher negra. Como era de se imaginar, a decisão causou muita polêmica e indignação. E uma das perguntas mais feitas por aqueles que reprovaram a escolha foi: “mas onde já se viu, a pequena sereia negra?” Uma forma simples de responder tal questionamento seria com outra pergunta: “onde já se viu sereia, qualquer que seja?” A escolha de uma mulher negra para representar a sereia Ariel parecia uma ofensa à imagem construída e replicada por décadas, na qual esse ser metade-peixe metade-mulher tem pele branca e cabelos ruivos. Um ser fantástico, é preciso dizer. Mas que mesmo sendo fruto de lendas, mitos e muita imaginação, não consegue transbordar as fronteiras do  racismo . À época, a polêmica da escolha foi rebatida, levando o debate, justamente, para as amarras do racismo.

Desmond Tutu, símbolo da luta contra o apartheid e Nobel da Paz, morre aos 90 anos

Imagem
  Morreu aos 90 anos o arcebispo sul-africano Desmond Tutu, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua luta contra o apartheid na África do Sul. A informação foi confirmada pelo presidente do país, Cyril Ramaphosa, neste domingo (26). "A morte do arcebispo emérito Desmond Tutu é outro capítulo de luto no adeus de nossa nação a uma geração de sul-africanos excepcionais que nos deixou uma África do Sul liberta", disse Ramaphosa. “Desmond Tutu era um patriota sem igual; um líder de princípio e pragmatismo que deu significado à compreensão bíblica de que a fé sem obras está morta", continuou o presidente. O apartheid foi um regime segregacionista que vigorou na África do Sul de 1948 a 1991,  que separava pessoas negras das brancas e dava às últimas domínio do poder político e econômico no país . Ativista pelos direitos humanos, o arcebispo anglicano falava sobre a ocupação do território palestino por Israel, direitos da população LGBTQIA+, mudanças climáticas e

Band compra direitos de transmissão da Copa das Nações Africanas

Imagem
  A Band anunciou nesta quinta-feira, 24, a compra dos direitos de transmissão da Copa das Nações Africanas, principal campeonato de futebol do continente africano. Depois de 12 anos fora da TV aberta brasileira, os jogos voltam à grade em 2022. A competição vai ter a 1ª partida realizada em 9 de janeiro, entre as equipes de Camarões e Burkina Faso, às 13h (no horário de Brasília). A final vai ser no dia 6 de fevereiro. “A Band já começará 2022 com novidades em sua programação esportiva. O campeonato africano será um ‘esquenta’ para o Mundial de Clubes, cujos direitos também foram adquiridos recentemente pela emissora. É a Band ratificando seu DNA de Canal dos Esportes”, disse o diretor de Esportes da emissora, Denis Gavazzi.   Fonte: https://atarde.com.br/brasil/band-compra-direitos-de-transmissao-da-copa-das-nacoes-africanas-1182731 . Acesso em 25/12/2021.

História do Natal

Imagem
O Natal, dia  25 de dezembro , comemora o nascimento de Jesus Cristo, a figura mais importante do Cristianismo. Por esse motivo, para os cristãos, trata-se de uma das principais datas comemorativas, ao lado da Páscoa, em que se celebra a ressurreição de Jesus. O dia de Natal é feriado religioso em muitos locais do mundo. O chamado  ciclo do Natal  é celebrado durante doze dias, que compreendem o dia 25 de dezembro até o dia 6 de janeiro. Esse período está relacionado com o tempo que os três reis magos, Baltazar, Gaspar e Melchior, levaram para chegar à Belém, cidade onde nasceu Jesus. Origem do Natal O Natal teve origem em festas pagãs que eram realizadas na antiguidade. Nessa data, os romanos celebravam a chegada do inverno (solstício de inverno). Eles cultuavam o Deus Sol ( natalis   invicti   Solis ), e ainda realizavam dias de festividades com o intuito de renovação. Outros povos da antiguidade também celebravam a data, seja pela chegada do inverno ou pela passagem do tem

Críticos de TV elegem melhores novelas de todos os tempos; 'Vale Tudo' é unanimidade

Imagem
  A única unanimidade foi "Vale Tudo", trama de Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Bassères, exibida entre 1988 e 1989. A Globo exibe o especial " 70 Anos Esta Noite " na noite desta terça-feira (21), dia da estreia de "Sua Vida me Pertence", escrita por Walter Forster, na TV Tupi, em 1951. Fernanda Montenegro, Lima Duarte, Renata Sorrah, Tony Ramos e Patrícia Pillar estão entre os atores que vão participar do programa. Afinal, como esquecer a novela que gerou o clássico "Quem matou Odete Roitman"? "O texto maravilhoso e as interpretações à altura foram as principais razões. Odete Roitman (Beatriz Segall), Maria de Fátima (Gloria Pires) e Heleninha (Renata Sorrah) foram alguns dos personagens ainda vivos na memória do público", justifica Patrícia Kogut, colunista de televisão do jornal "O Globo" e da CBN. Para Cristina Padiglione, da "Folha de S.Paulo", e Nilson Xavier, do site Teledramaturgia, a nove