Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2021

Lei do Ventre Livre: como as mulheres escravizadas davam à luz no Brasil?

Imagem
  "Continua a estar fugida, desde 18 de agosto de 1871, da serra do Engenho-Novo, de casa de seu senhor João Luiz de Vargas Dantas, a preta Felippa." Assim começava o anúncio na edição de 20 de janeiro de 1872 do Jornal do Commercio, que circulava no Rio de Janeiro. "Crioula, moça, robusta, de boa vista, altura e corpos regulares, feições alegres, olhos vivos e meio brancos, beiços meio grossos, com falta de alguns dentes, cor não muito retinta, seios grandes, cabeça, corpo e nariz pequenos, pés compridos, meio grossos e meio virados nas pontas para dentro, tem um dos dedos da mão meio encolhido para dentro, sinais de bexiga pelo rosto, os quais são meio pretos e pouco profundos. Estava pejada [grávida] e com a barriga bastante crescida, demonstrando muita proximidade de dar à luz (o que deve há muito ter acontecido)." Felippa deixou a casa de seu "senhor" cerca de um mês antes da promulgação da Lei do Ventre Livre, que completa 150 anos neste 28 de

27 de setembro - Dia de Cosme e Damião

Imagem
  Os  Santos Cosme e Damião , irmãos  gêmeos , morreram por volta de 300 d.C. Crê-se que foram médicos, e sua santidade é atribuída pelo motivo de haverem exercido a  medicina  sem cobrar por isso, devotados à fé. Na  Igreja Católica  sua festa é celebrada no dia  26 de setembro , de acordo com o atual  Calendário Litúrgico Romano do Rito Ordinário , e no dia  27 de setembro , pelo  Calendário Litúrgico Romano do Rito Extraordinário . Na  Igreja Ortodoxa  são celebrados no dia  1 de novembro  e também em  1 de julho  pelos ortodoxos gregos. Nas  religiões afro-brasileiras , onde são sincretizados como entidades infantis, também são festejados em  27 de setembro . Biografia Os gêmeos nasceram em Egeia (agora  Ayas , no Golfo do  İskenderun , Cilícia,  Ásia Menor ), e tinham outros três irmãos. O pai foi mártir durante a perseguição dos cristãos na era de  Diocleciano . Cosme e Damião eram médicos que curavam os enfermos não só com seu saber mas através de milagres propiciados por su

Dolarizado, preço do gás deve passar dos R$ 100; entenda como isso ocorre

Imagem
A dolarização dos preços dos combustíveis torna o Brasil cada vez mais vulnerável às variações da cotação global do petróleo. O preço internacional do propano, matéria-prima do gás de cozinha, acumula alta de 96% em 2021, e o mercado interno brasileiro está usando isso como pretexto para forçar  aumentos que devem tornar o botijão ainda mais proibitivo para as famílias mais pobres. No último sábado (18), a Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) divulgou que o preço cobrado pelo gás liquefeito de petróleo (GLP) teve alta de 1,5% em apenas uma semana. O botijão de 13 quilos chegou a R$ 98,33 em média, mas em localidades mais afastadas já se cobra R$ 130 pelo produto. Em agosto de 2020, o preço médio calculado pela agência era R$ 69,98. Desde então, o preço subiu 31%, ou mais que o triplo da inflação geral acumulada no mesmo período, que é de 9,30%, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Folha de São Paulo, o mercado vê

Negros e negras são 2/3 de quem vive com até um Salário Mínimo

Imagem
  Um estudo revela que mais da metade dos brasileiros vive com somente um salário mínimo e, que essa parcela significativa da população é negra.  De 30,2 milhões de pessoas no Brasil , pelo menos 20 milhões são de trabalhadores negros ou negras que recebem até R$ 1.100,00. O  levantamento  do IDados, realizado com base em informações do Instituto de Geografia e Estatística (IBGE), afirma que atualmente há 46 milhões de pessoas negras ocupadas no mercado de trabalho. Representantes de mais de 54% da população no Brasil, os negros e negras que recebem um salário mínimo também não conseguiram estudar. A pesquisa afirma que 69,2% não tiveram acesso à escolaridade. Para o  secretário Nacional de Combate ao Racismo do Partido dos Trabalhadores  (PT), Martvs Chagas, o levantamento só reforça o racismo estrutural do país. “O levantamento demonstra mais uma vez o que nós, militantes do movimento negro e dos partidos progressistas, temos repetido desde o começo da pandemia: que a populaç

Datafolha: 67% dos brasileiros reduziram consumo de carne e 47%, de pão francês

Imagem
  Pesquisa  Datafolha  divulgada nesta segunda-feira (20) pelo jornal "Folha de S. Paulo" aponta que 85% dos brasileiros reduziram o consumo de alimentos desde o início do ano, com destaque para carne de boi, arroz, feijão, frutas, legumes e pão. O ovo, ao contrário, ganhou espaço nos lares do país como substituto da proteína, segundo o levantamento, realizado entre 13 e 15 de setembro. De acordo com o os dados, 67% dos brasileiros cortaram o consumo de carne vermelha; 51% o de refrigerantes e sucos e 46% o de leite, queijo e iogurte. Pão francês, pão de forma e outros pães aparecem com 41% de redução. Demais gastos básicos, como arroz, feijão e macarrão, estão deixando de ser comprados por 34%, 36% e 38% da população, respectivamente. O consumo de frango, porco e outros tipos de carnes e do grupo frutas, legumes e verduras também teve queda relevante. Nesses casos, no entanto, também se destaca o percentual de entrevistados que disse ter aumentado a compra desses itens