Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2018

Escola da Comunidade Quilombola de Baixa Grande, realiza atividades sobre Consciência Negra.

Imagem
Entre os dias 19 a 23 de novembro de 2018, a Escola Municipal Pedro Bispo dos Anjos, localizada na comunidade remanescente de Quilombo de Baixa Grande, município de Muritiba, realizou diversas atividades em comemoração ao mês da Consciência Negra, as quais seguiram a seguinte programação: 19/11 – Roda de Conversa sobre o dia da Consciência Negra e a construção da comunidade. 20/11 – Entrevista com moradores mais velhos da comunidade. 21/11 – Desfile da Beleza Negra. 22/11- Palestra com o professor Borges, acerca do tema: Reconhecimento e Pertença como Membros de uma Comunidade Quilombola. 22/11- Culminância do Projeto da Consciência Negra. Na sua fala, o professor Borges enfatizou aspectos como: o que é um Quilombo? A Importância do Quilombo de Palmares. O que é uma comunidade remanescente de Quilombo? Características da Comunidade de Baixa da Grande e a importância do sentimento de pertença a uma comunidade Quilombola. Além dos estudantes do primeiro ao quinto

Poesia Consciência Negra

Imagem
Por: Maria Gabriela Santana e Railan Mendes. Você mim comercializou. Mim levou para longe.  Para mim escravizar. Mudou até meu nome . Não tinha o que fazer.  Na embarcação estava.   No Atlântico mim encontrava. Ali por liberdade já gritava . Falando em respeito. De novo eu vi alguém.  Sofrer com preconceito. Isso é desrespeito. Vi que alguém brincava com nossos direitos. Seja branco ou seja do gueto.  Todo mundo merece respeito. Então vamos viver sem preconceito. Não dá mais, não dá mais.  Essa é a maior verdade.  Não ao preconceito.  E sim a igualdade. Antes de discriminar.  Pare para pensar. Pois o negro pode chegar. Onde tu nem pensa em imaginar. O negro é cultura.  O negro é persistência. O negro é o começo.  O Negro é a sobrevivência. O negro é a noção.  De toda essa nação.  O negro é liberdade.  Esqueça esse negócio de escravidão.... A Cultura afro-brasileira tem seu valor.  A Consciência

CEPES realiza comemoração dos 40 anos de fundação e culminância do Projeto Consciência Negra

Imagem
Entre os dias 13 e 14 de novembro de 2018, aconteceram dois eventos marcantes no Colégio Estadual Professor Edgard Santos – CEPES, localizado na cidade de Governador Mangabeira: a comemoração pelos 40 anos de fundação da instituição de ensino e a culminância do projeto da Consciência Negra. A comemoração pela passagem do quadragésimo aniversário de fundação do CEPES (14/03/1978) foi marcada por muita emoção, alegria e reencontros, quando várias pessoas representando um segmento específico da comunidade escolar foram homenageadas, recebendo uma placa em alusão a trajetória de sucesso do Colégio, dentre as quais podemos destacar: Geraldo Nobre (primeiro diretor), Acacilda Pereira (primeiras alunas) Marinalva Coelho (primeiras funcionárias de apoio), Marcelo Antônio de Sales (estudantes atuais), Vilma Lima (mães atualmente), Célia Santana (professoras em atividade), Rita de Cássia de Ferreira de Santana (atual diretora), Adauto João Mamona (prefeito da época da