quinta-feira, 19 de julho de 2018

Equipe da UFRB realiza oficina no CEPES acerca do ingresso e da permanência nos curso de graduação





Na última terça-feira (17/07/2018), uma equipe da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB, realizou uma oficina para os estudantes do terceiro ano do ensino médio (matutino) do Colégio Estadual Professor Edgard Santos – CEPES (Governador Mangabeira), acerca das formas de ingresso e permanência nos cursos de graduação da mencionada instituição de ensino superior.

Incialmente a equipe de servidores da Pró-Reitoria de Graduação da UFRB, formada por Geane da Conceição Dias,  Leandro Carvalho dos Santos, Joseane da Conceição Pereira Costa e Raphael Lima Costa, explanou acerca da estrutura da UFRB, que atualmente conta com  mais de 12 mil estudantes, divididos em 55 cursos de graduação, 13 de mestrado e 2 doutorados, sendo que do município de Governador Mangabeira existem 347 pessoas matriculadas nos cursos da UFRB, com destaque para as graduações em: Biologia (37), História (34), Serviço Social (21), Bacharelado em Ciências Exatas e Tecnológicas (17) e Tecnologia em Gestão de Cooperativas (16).

Também foi elucidado, que esse número expressivo de estudantes matriculados na UFRB, estão distribuídos por 7 centros: Cruz das Almas (Ciências Agrárias, Ambientais e Biológicas e Ciências Extas e Tecnológicas), Cachoeira (Ates, Humanidades e Letras), Amargosa (Formação de Professores), Santo Antônio de Jesus (Ciências da Saúde), Santo Amaro (Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas) e Feira de Santa (Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade). Além disso, foi mencionado o Índice de Geral dos Cursos (IGC) da UFRB, medido pelo MEC, que atualmente está em 4, em uma escala máxima de 5, bem como se chamou atenção para o programa de intercâmbio internacional da instituição, apresentando o depoimento de uma estudante que se encontra em Portugal.

Já na segunda parte da oficina, aconteceu o diálogo acerca das formas de ingresso na UFRB, sendo que o primeiro passo consiste na realização da prova do ENEM e em seguida o estudante deve se inscrever no SISU, enfatizando o passo a passo dessa inscrição. Também, foram apresentadas as modalidades de bolsas existentes na instituição: Auxílio à Permanência – refere-se ao repasse pecuniário mensal, com duração de um ano, renovável anualmente. Auxílio à Moradia – refere-se a uma vaga na unidade de residência universitária; Auxílio Pecuniário à Moradia – refere-se ao repasse pecuniário mensal, com duração de um ano, renovável anualmente voltado para moradia.  Auxílio Deslocamento – refere-se ao repasse pecuniário mensal, com duração de um ano, renovável anualmente. Auxílio à Alimentação – refere-se ao acesso diário ao restaurante universitário.  Auxílio Creche – refere-se à concessão de auxílio creche (LDB 9394/96) a estudantes com comprovada demanda social para custear despesas com filhos/as.  Auxílio a participação de Eventos Acadêmicos – refere-se à concessão de uma ajuda para custeio de viagens para participação em Eventos Acadêmicos.

No terceiro momento, foram apresentadas as formas de acesso aos grupos do PET – Programa de Educação Tutorial, que atualmente é representado por nove grupos: Afirmação: Acesso e permanência de jovens de comunidades negras rurais no Ensino superior. Agronomia. Cinema. Conexão de Saberes: Acesso, permanência e pós-permanência na UFRB. Conexão de Saberes: Socioambientais. Conexão de Saberes: UFRB e Recôncavo em Conexão. Educação e Sustentabilidade. Mata Atlântica: Conservação e Desenvolvimento. Zootecnia.

Por fim, a equipe de servidores da UFRB, respondeu algumas perguntas dos estudante e professores presentes, bem como elogiaram a iniciativa do CEPES no sentido de permitir que os alunos tenham conhecimento das formas de acesso e permanência nos cursos da UFRB, a Universidade mais inclusiva do Brasil.

Vale salientar, que a UFRB é a primeira Universidade Federal do interior da Bahia, sendo que dos 12.345 estudantes, 91.5% são da Bahia. Ao todo, 83,4% dos estudantes se autodeclarados negros e 82% são oriundos de famílias com renda total de até um salário mínimo e meio, colocando em prática a perspectiva de inclusão social.

“Agradecemos profundamente a equipe da Pró-Reitoria de Graduação da UFRB por aceitar o nosso convite para apresentar aos estudantes do terceiro ano do ensino médio do CEPES, as formas de ingresso e permanência nos cursos dessa instituição, sem dúvidas uma atividade qualificada e muito enriquecedora. Também, agradecemos aos professores que liberam suas aulas para a realização do evento, o apoio da direção da escola, da equipe da Área de Humanas, na pessoa da professora Divanise Vieira e aos alunos pela participação na mencionada atividade, a qual procurou reforçar os valores e a importância da Universidade pública no Brasil, através do relevante exemplo da UFRB”, salientou professor Borges.

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D