quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Dilma sanciona Lei de Cotas nas universidades

Em cerimônia fechada à imprensa, a presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quarta-feira, 29, a Lei das Cotas nas universidades, que terão quatro anos para reservar 50% das vagas de todos os cursos e turnos a estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública. Uma parte dessas vagas deve ser dedicada a negros, pardos e índios, e outra a alunos com renda familiar igual ou menor a 1,5 salário mínimo per capita. A maioria das universidades já adota algum tipo de ação afirmativa, mas poucas atingem um porcentual de 50% das vagas.
De acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, foi vetado apenas o artigo 2º, que dizia que o ingresso dos cotistas seria feito a partir das médias obtidas no ensino médio - o governo quer que o critério seja o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). "A importância desse projeto tem a ver com um duplo desafio: primeiro, é a democratização, o acesso às universidades, e segundo, o desafio de fazer isso mantendo um alto nível de ensino e a meritocracia", disse a presidente. Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

1 comentários:

  1. e qual sua opinião sobre isso professor Borges?

    ResponderExcluir

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D