sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Carnaval é fonte de renda para 93 mil moradores de Salvador

Em 2010, dos 571 mil residentes na capital baiana que foram para a rua durante a festa, 478 mil brincaram e 93 mil trabalharam. Os dados são da pesquisa Suplemento do Carnaval - Infocultura nº 06, realizada em parceria pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult) e a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), com base em questionário da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PEDRMS).
Os resultados foram divulgados, nesta quinta-feira (24), no lançamento do Infocultura, na sede do Conselho Estadual de Cultura (Campo Grande). Na abertura do evento, o secretário de Cultura, Albino Rubim, destacou a importância da pesquisa para apoiar a elaboração de políticas públicas. “A pesquisa também traz a informação relevante de que quase 60% das pessoas que pulam no Carnaval de Salvador são foliões pipoca, dado que deve ser considerado na hora da elaboração das nossas políticas”.
O diretor-geral da SEI, Geraldo Reis, representando o secretário do Planejamento, Zezéu Ribeiro, reforçou que “há interesse em dar continuidade à parceria estabelecida com a Secult, tendo em vista a importância de alimentar a interlocução da área estatística e econômica com a cultura”. A pesquisa, realizada pela terceira vez consecutiva, entrevistou 9.381 indivíduos residentes em Salvador, durante os meses de julho, agosto e setembro. Fonte: ptbahia

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D