quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Alunos aprendem na escola a valorizar a cultura afro-brasileira

“O dia 20 de novembro é dedicado a Zumbi, o dia da Consciência Negra, que foi o líder da luta contra a escravidão no Brasil”, explica a professora.
Descobrir a importância dos negros na formação da cultura e na sociedade mudou o comportamento dos alunos de uma escola, em Belo Horizonte. Oitenta por cento deles são afro-descendentes que hoje têm orgulho da própria cor.
“Eles se identificam, procuram fazer alguma coisa parecida. A relação entre os alunos está um pouco melhor de está reconhecendo-se como cidadão. Acho importante tá trabalhando com os alunos pra formação da identidade mesmo”, comenta Maria Angélica Jesus Costa, professora.
Maria Angélica recebeu treinamento para valorizar a história e a cultura afro-brasileira em sala de aula. Em Minas e em outros cinco estados quinze mil professores estarão usando a metodologia do projeto A Cor da Cultura que tem a parceria da TV Globo até 2011. Parte do material didático foi cedido pelo canal Futura.
“Ele traz uma dinâmica muito grande. São vídeos, histórias, jogos, é muito plural, do mesmo jeito que é a nossa história”, declara Shirley, professora UFMG.
Os kits com material pedagógico podem ser solicitados por secretarias de educação de todo o país ao Ministério da Educação mais informações no site
www.acordacultura.org.br.
Fonte: JH

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D