Comentarista tem fala racista em jogo feminino na CBF TV e é afastado.

 


A transmissão do empate em 2 a 2 entre Bahia e Napoli, pelo Campeonato Brasileiro feminino, foi marcada por um comentário racista na transmissão do MyCujoo e CBF TV. No primeiro tempo, o comentarista Edson Florão destacou os "cabelos exóticos" das jogadoras do time visitante e fez uma comparação das atletas com a cantora Margareth Menezes. Minutos depois, o narrador Paulo Cezar Ferrarin defendeu o comentário do colega após questionamento de um espectador. Segundo o narrador, é muito "mimimi". Os dois foram afastados das transmissões do Brasileirão feminino.

"Acaba tendo que rifar a bola, facilitando especialmente o sistema defensivo da equipe do Bahia, que está aí com a sua vantagem de estatura, com esses cabelos exóticos, pelo menos uma meia dúzia. A Aline tem o cabelo mais exótico me parece dessa equipe do Bahia", falou Florão. As atletas em questão são negras.

"Verdade. Eu estava até brincando com esses cabelos, parecia a Margareth Menezes. (...) Grande abraço aqui para o Paulo (o espectador que reclamou). Oh, Paulo, que isso. A gente falou inclusive, estamos aqui com o pessoal do Bahia, das aparências. Se o Paulo achar que é um comentário xenofóbico comparar as artistas, que são maravilhosas, que a gente falou da Margareth Menezes, poderíamos citar alguém... a Daniela Mercury, outros tantos", disse Ferrarin. "Paulão, você está fora da realidade. Elogiar os artistas da Bahia para você.... Realmente é muito mimimi, meu amigo. A gente está elogiando. Talvez você não conheça Margareth Menezes, o talento dela e tudo que ela faz na classe artística.

Fonte:https://www.uol.com.br/esporte/ultimas-noticias/2021/04/25/napoli-bahia-comentario-racista.htm. Acesso em 26/04/2021.