Professores seguem acampados na Assembleia Legislativa da Bahia

Cerca de mil professores grevistas acampam no prédio da Assembleia Legislativa, localizado no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, durante a manhã desta quinta-feira, 19, para discutir a equiparação do piso estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC).
Os professores, que estão em greve desde o dia 11 de abril, ocupam o CAB desde a quarta, 18. Os grevistas cercaram a entrada do prédio da Governadoria do Estado, o que fez com que a polícia instalasse uma barreira na frente do edifício. Segundo a categoria, não há previsão para deixar o local.
Os profissionais protestam contra o que consideram uma quebra no acordo do governo estadual, em relação ao reajuste do Piso Nacional com percentual de 22,22%. Além disso, eles alegam que a categoria sofreu um retrocesso pelo desestímulo ao aperfeiçoamento profissional, cobram, o que segundo eles, seriam justos aumentos salariais e pressionam deputados a não aprovar projeto do governo que acaba com benefícios de professores com nível médio. Fonte: A Tarde

Comentários