Operadora portuária baiana importa guindaste e deve triplicar produtividade em Aratu

Única operadora portuária 100% baiana, a Intermarítima, com atuação destacada nos três portos do Estado, acaba de adquirir um novo guindaste móvel, do tipo mobile harbor crane, de origem austríaca, que foi montado em tempo recorde e já realizou a descarga de 30 mil toneladas de concentrado de cobre. O novo equipamento trará um significativo ganho de produtividade para o Terminal de Graneis Sólidos do porto de Aratu, hoje congestionado e no limite de sua capacidade operacional. Além da aquisição do guindaste, a Intermarítima investiu também em uma nova moega e na expansão de sua frota de pás-carregadeiras, num volume total é de R$ 9,5 milhões. A expectativa é que o novo guindaste triplique a produtividade do porto de Aratu.
Fonte"política livre"

Comentários