segunda-feira, 4 de junho de 2018

Faraó - Divindade do Egito: um grande sucesso da música baiana.

Faraó - Divindade do Egito, de autoria de Luciano Gomes, completou 31 anos da sua primeira gravação. Em 1987, a canção foi gravada pelo grupo Olodum, seguido pela Banda Mel e por Margareth Menezes, esta última a responsável pela maior divulgação da mencionada música, que inaugura o samba reggae na Bahia. Faraó - Divindade do Egito, sem dúvidas configura-se como um dos grandes sucessos da música baiana.
A letra faz menção a vários aspectos da história do Egito Antigo, dentre eles podemos destacar a mitologia, religião, arquitetura e a política, bem como, constrói uma relação da cultura egípcia com a história afro-brasileira, em especial na Bahia.
A seguir consta a letra da música Faraó – Divindade do Egito.

“Deuses, divindade infinita do universo.
Predominante esquema mitológico.
A ênfase do espírito original, Shu,
formará no Éden o Ovo Cósmico.
A emersão, nem Osíris sabe como aconteceu.
A emersão, nem Osíris sabe como aconteceu.
A ordem, ou submissão do olho seu,
transformou-se na verdadeira humanidade.
Epopéia do Código de Geb.
E Nut gerou as estrelas.
Osíris proclamou matrimônio com Ísis
e o mau Seth, irado, o assassinou, em Empera Há.
Hórus, levando avante a vingança do pai,
derrotando o império do mau Seth,
o grito da vitória é que nos satisfaz.
Cadê? Tutankâmon
Ei Gizé
Akhaenaton
Ei Gizé
Tutankâmon
Ei Gizé
Akhaenaton
Eu Falei Faraó
Êeeee Faraó
Eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee Faraó
Pirâmide a base do Egito
Êeeee Faraó
É eu clamo Olodum rebentão
Êeeee Faraó
Batendo na palma da mão
Que mara-mara-mara
Maravilha-ê
Egito, Egito Ê
Que mara-mara-mara
Maravilha-ê
Egito, Egito Ê
Faraó-ó. Ó-ó-ó
Faraó-ó. Ó-ó-ó
Pelourinho, uma pequena comunidade
que porém o Olodum unira, em laços de confraternidade.
Despertai-vos para a cultura egípcia no Brasil:
em vez de cabelos trançados, veremos turbantes de Tutankâmon.
E as cabeças se enchem de liberdade.
O povo negro pede igualdade
deixando de lado as separações.
Cadê? Tutankâmon
Ei Gizé
Akhaenaton
Ei Gizé
Tutankâmon
Ei Gizé
Akhaenaton
Eu Falei Faraó
Êeeee Faraó
Eu clamo Olodum Pelourinho
Êeeee Faraó
Pirâmide a base do Egito
Êeeee Faraó
É eu clamo Olodum rebentão
Êeeee Faraó
Batendo na palma da mão
Que mara-mara-mara
Maravilha-ê
Egito, Egito Ê
Que mara-mara-mara
Maravilha-ê
Egito, Egito Ê
Faraó-ó. Ó-ó-ó
Faraó-ó. Ó-ó-ó”.


Compartilhe : :

113 comentários:

  1. Ótimo texto! Descobri muitas coisas que não sabia sobre essa música, aparti desse texto. Ótimo assunto de sala de aula. Música ótima para sabermos um pouco de outras culturas.

    Assi: Larissa Machado de Moura
    serie/turma: 1BM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, parabéns pela sua postagem, mas você precisa dizer do que a música está tratando, quais o temas relacionados a história do Egito presente na mesma...

      Excluir
    2. Professor aqui e tailson do 1BM a primeira parte da música fala sobre o casamento Osíris e a sua irmã Isis, as pirâmides que servia para enterrar os farao.
      Os deuses dividia a infinita do universos

      Excluir
  2. ADAILTON ROCHA DOS SANTOS [TURMA,1EM].

    Faraó,é Uma música de cunho religioso onde exalta as dinvindades dos deuses do egito e suas conquistas,é perpassa Pela Cultura Africana na Bahia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adailton, seu texto está em um bom caminho, porém precisar falar de outros temas presentes na música, como: as pirâmides, os faraós e os deuses...

      Excluir
  3. Marcelo Bispo dos Santos
    (Turma 1EM )

    A Música faraó trás uma grande características de como é o Egito é fala sobre às coisas mais importantes de lá como os Deuses GEB NUT SETH É HORUS É também fala sobre o faraó TUTANKAMON É fala sobre às pirâmides em um trecho da música fala sobre o Pelourinho na Bahia que da uma grande características dos povos Áfricano a música trás um bom tema para nos estudar ainda mais o Egito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, seu texto está em um bom caminho, seria bom falar para que serviam as pirâmides? Como era a religião no Egito. E escrever usando o verbo no passado: como era o Egito.

      Excluir
  4. Michelle Sardinha de Carvalho
    (1CM)
    A primeira parte da música retrata o casamento de Osíris com sua irmã Ísis, o assassinato de Osíris por Seth e a Vingança de seu filho Horus assassinando Seth.
    A segunda parte da música fala do pelourinho e a confraternidade da cultura egípcia e a africa.
    O Egito era politeista ou seja acreditavam em deuses, sendo assim seus faraós eram deuses para a população, de uma beleza encantadora sua paisagem era cercada de pirâmides que além de sua beleza eram usadas como lugar de descanso para os faraós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Railane, seu texto está em um bom caminho, mas faltou falar por que as pirâmides foram construídas, também poderia definir o significado dos deuses presentes na música, também lembrar que os faraós eram representantes dos deuses e não um deus.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Michele, seu texto está no caminho certo, precisando ampliar alguns aspectos como: falar das pirâmides, rever a ideia do Faraó como deus, se possível colocar o que representava cada deus, falar dos faraós citados na música.

      Excluir
  5. Ailton Rocha dos Santos
    Turma (1EM)
    A música Faraó é muito complexa e ao mesmo tempo rica em elementos culturais e históricos aborda alguns elementos da civilização egípcia falando sobre seus monumentos as pirâmides e ao fato que os faraós eram considerados Deuses vivos além de abordar alguns aspectos da Cultura baiana do centro histórico de Salvador o Pelourinho visando assumir uma africanidade pois como os egípcios Somos Filhos da África

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ailton, seu texto está bem articulado, porém sugiro ampliar, falando mais dos deuses egípcios, das pirâmides e revendo a ideia do Faraó como um deus.

      Excluir
  6. A música se refere aos deuses do Egito antigo . Pois a música ela é como um grito de liberdade dos povo negros que pede igualdade deixando de lado as separações.E a pirâmide que é a base do Egito pois era a onde os deuses e a sua família era seputados quando morriam
    As.samara Gonçalves
    Turma.1cm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samara, seu texto está em um bom caminho, mas sugiro rever a ideia que as pirâmides era o local onde os deuses eram sepultados, também falar dos deuses egípcios, dos faraós e da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
    2. A música fala sobre vários aspectos do tempo em que o rei faraó dominava o Egito inteiro e era considerado o dono de todas as terras . Na música também fala sobre alguns deuses como Rá Osíris Isis hathor Hórus e thot
      Características de alguns deuses
      Aman Rá Deus do sol e foi cultuado em todo o Egito
      Osíris Deus da vergetaçao e da força da natureza e os mortos
      Isis esposa e irmã de Osíris
      Hórus Deus do céu e filho de Isis
      Os deuses era representado em forma humana e animal.
      As pirâmides servia para colocar o corpo de faraó e da sua família
      Para realizar esses serviços precisava-se dos embalsamadore que era responsável para transformar os corpos em mumia por que eles acreditavam na vida após a morte . Já a outra parte da musica tem relação com a Bahia e Olodum e o bairro que tem em Salvador que é muito conhecido e o Pelourinho

      Excluir
  7. Flaviane oliveira da silva 1CM

    A música em si retrata um pouco da historia do Egito .
    Fala sobre deuses ,que são divindades infinitas do universo ,o casamento de Osíris com Iris ,inclusive Nut ,que gerou as estrelas ,e o mau Seth ,em que Irado o assassinou.Com o assassinato do mau Seth ;Hórus levou avante a vingança a vingança do seu pai ,derrotando o império do mau Seth.Fala também sobre Tutankâmon ,que foi um faraó do Antigo Egito ,que faleceu ainda na adolescência.As pirâmides egípcias eram construídas para servir de túmulos de faraós nobres ,pois acreditavam na "vida após a morte".Lá os corpos eram mumificados.
    A música retrato também sobre o Pelourinho ,que é uma pequena comunidade em Salvador-ba ,em que uniram laços de confraternidade ,para despertar a cultura egípcia no Brasil ,que ,em vez dos cabelos trançados ,veremos turbantes do Tutankâmon.A música nos traz também ,a luta do povo negro pela igualdade ,e deixarem de lado as separações ,de raças,de classes,religiões,preconceito,
    racismo ,e etnias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flaviane, parabéns pela elaboração do texto, mas precisa usar um pouco mais de criticidade, pois está repetindo coisas da própria letra da música. Falar melhor das pirâmides, também tomar maior cuidado com a digitação.

      Excluir
    2. A música "Divindades do Egito" ,autoria de Luciano Gomes ,gravada pelo grupo Olodum ,e seguido pela Banda Mel ,e Margareth Menezes;completou 31 anos da sua gravação .Ela traz consigo ,diversos aspectos da história do Egito Antigo ,entre eles : mitologia,arquitetura,
      religião,política,e relações da cultura egípcia ,com a Bahia ,em especial a cultura afro-brasileira.
      Sua religião era politeísta (cultuava vários deuses) ,sendo que a atual é o Islamismo. Outro fato que a música também menciona ,são deuses e faraós,tais como:
      Rá-Atum(Deus responsável pela criação do mundo), Osíris(descendente de Tá, e filho mais velho do casal Geb e Nut , reinou sobre a terra ,como o primeiro faraó do Egito) ,Isis( protetora ,piedosa ,e estava relacionada com a magia) ,Set(Deus do caos , responsável por guerras e escuridão ),Hórus(Deus protetor dos faraós e de suas famílias );dentre outros deuses.Tutankamon ,um grande faraó ;casou-se aos 8 anos ;faleceu ainda muito jovem ,provavelmente aos 19 anos ;um faraó muito poderoso ,que reinava no Egito Antigo.
      A música também faz menção ,sobre as pirâmides ,que eram chamadas de "Obra-faraônica" ;que os faraós mandavam construir para servir de túmulos ,acreditavam que os faraós viveriam para sempre ,por isso, ,seus corpos eram preservados ,por meio da mumificação.Podemos dizer ,que no Egito Antigo tinha dois tipos de mumificação ,:"a do rico ,e a do pobre" ;sendo que a dos nobres eram muito bem elaboradas.
      Existem "laços" ,da cultura egípcia ,com a cultura
      afro-brasileira , inclusive na Bahia ,sendo citado na musica ,o Pelourinho ,que é uma pequena comunidade em Salvador.
      Esses "laços",tem haver com experiências, crenças,hábitos,que foram passados do povo egípcio para o povo negro;que trouxe para o Brasil,formando ,o então chamado de cultura afro-brasileira com influências da cultura egípcia.

      Excluir
    3. Flaviane, parabéns, seu texto ficou bem melhor, as ideias ficaram bem articuladas, porém ainda sugiro rever a digitação, pois ainda existem alguns erros. E sobre os faraós, você só afalou de um Tutankamon.

      Excluir
  8. A letra da música fala sobre a cultura egípcia, onde,os faraós eram considerados "deuses".A canção inicia-se com deus associado à vegetação e a vida,que Os íris e ísis,se vingou e assassinou seth. Já a segunda parte retrata o olodum,e pede atenção para a cultura egípcia no Brasil,onde tem um bairro em Salvador conhecido como o Pelourinho que tem a cultura e ritmo do olodum que é conhecido como o ritmo da Bahia.já as pirâmides era utilizada para sepultar os faraós e suas famílias,seus costumes era armazenar os corpos dentro que pra eles era como uma ressurreição na qual acreditava da vida após a morte. Mais isso só era alguns costumes dos egípcios no "Egito antigo"
    Nanciele Souza (1CM)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nanciele, seu texto está no caminho certo, porém precisa rever a ideia de que o faraó era um deus, também a visão de ressureição, falar melhor das pirâmides e tomar um maior cuidado com a digitação.

      Excluir
    2. Nanciele souza (1CM)13 de julho de 2018 14:09

      O faraó era considerado um semideus que dominava a sociedade e era dono de todas as terras. E a ressurreição era a parte dos embalsamadores que era responsáveis para transformar os cadáveres em múmias quanto com os corpos da sua família e as famílias do faraó.

      Excluir
  9. A música faraó é completa de respeito e cultura,a partir que mais chegou minha atenção foi essa"E as cabeças se enchem de liberdade.
    O povo negro pede igualdade
    deixando de lado as separações.
    A gente tá conseguindo ter a Nossa igualdade, Depois de 30 anos que a música foi lançada.

    Série/Turma:1BM
    Nome:francielle da Silva Pereira

    ResponderExcluir
  10. Franciele, seu texto está em um bom caminho, porém precisa ampliá-lo, tratando de outras questões como: os deuses egípcios, a pirâmides e os faraós. Também tome um pouco mais de cuidado na digitação.

    ResponderExcluir
  11. A musica farão trata das coisas egípcias,retrata também coisas miloglóssicas, fala sobre a cultura,sobre as pirâmides que por sua vez era o local onde os "faraós" ficavam após a sua morte.Era sua tumba,fala também dos Deuses como "Ísis","Osíris","seth","hórus"e vários outros que a no Egito.A que sem fala que na musica não fala da deusa"Sekhmet"a deusa leoa uma das mais importantes para as mulheres egípcias.
    Dijean de jesus dos santos
    turma:1CM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dijean, seu texto está bem encaminhado, porém precisa falar melhor das pirâmides, também relatar os motivos pelos quais a música cita a Bahia. Precisa rever a digitação.

      Excluir
    2. A musica e farão retrata dos coisas egipicias,fala sobre a cultura e a crença que fala sobre os Deus egipicios como "Ísis","Osíris","seth","Hrous",e muito outros.sem fala nas pirâmides monumento histórico.As pirâmides eram consideradas a segunda casa de Faraó,faraó era o nome dado aos governantes da época. Eles acreditavam que após a morte eles reviveriam, o que explica o fato de eles serem embalsamados. Dentro da pirâmide eram colocados todos os pertences do Faraó, incluindo ouro, prata, objetos de valor.E a musica cita a Bahia por fala tanto do Olodum.
      Dijean De Jesus Dos Santos
      Turma:1CM

      Excluir
  12. A música está se relacionando com a comunidade e como as suas culturas se relaciona com as pessoas negras arruma seus cabelos e o povo negro pedi igualdade deixando de lado o preconceito, e que a pirâmide ela tem a base do Egito, porque as pirâmide ela servia para interrar os Faraós quando eles morriam.
    Catiane Alves turma 1BM

    ResponderExcluir
  13. Catiane, precisa fazer um aprofundamento na interpretação da música, falar dos deuses egípcios, das pirâmides e dos faraós, além da relação do Egito com a Bahia.

    ResponderExcluir
  14. Faraó é uma música religiosa onde exalta as divindades dos deuses do Égito.
    Os deuses eram Íris, Osíris,seth e vários outros.
    As pirâmides era utilizada para sepultar os faraós,e suas famílias,seus costumes eram armazenar os corpos dentro das pirâmides, enfim para eles era a ressurreição na qual acreditava na vida após a morte.

    Elaine Souza de Oliveira
    Turma:(1CM)
    A música trás um bom tema. Pois é sempre bom estudar, para saber um pouco mais sobre o Égito e sua religião.

    ResponderExcluir
  15. Elaine, seu texto está bem encaminhado, sugiro acrescentar outros aspectos como: os nomes dos faraós citados na música e por que existe uma citação a Bahia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faraó é uma musmús religiosa onde exalta as divindades dos deuses do Égito.
      Os deuses eram Íris Osíris Seth entre outros.
      As pirâmides era utilizada para sepultar os faraós, e suas famílias, seus costumes eram armazenar os corpos dentro das pirâmides, enfim para eles era a ressurreição na qual acreditava na vida após a morte.
      A música trás nomes de dois faraós: TUTANKAMON e AKHENATON. Também a musimú cita a Bahia porque, os laços da cultura Egípcia, tem haver com a Afro-brasileira.
      Tem haver com experiências,ccrenças, hábitos, que foram passadap do pobp Egípcios, para o povo brasileiro. A Bahia, sendo citado na música o Pelourinho, que e a pequena comunidade em Salvador.

      Excluir
  16. Uma das música mais reconhecidas da Bahia, Faraó Divindade do Egito abriu as portas do Egito para o mundo com conexão obrigatória. A letra desvenda desde a arquitetura ao esquema mitológico gerando um movimento revolucionário para o carnaval da Bahia, eternizando por grande parte dos cantores baianos e brasileiros.
    Os deuses eram Íris, Osíris,seth e vários outros.
    As pirâmides era utilizada para sepultar os faraós,e suas famílias,eram de costumes armazenar os corpos dentro das pirâmides.

    SÉRIE:(1CM)
    ALUNA:Amanda Matias Carvalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, seu texto está em um bom caminho, mas sugiro usar um pouco mais de criticidade. Precisa falar melhor dos faraós, dos deuses, para que serviam as pirâmides e da relação entre o Egito e a Bahia.

      Excluir
  17. Carine da Silveira Oliveira 1CM
    A música fala sobre um pouco da história do Antigo Egito .
    As pirâmides,que foram construídas para os faraós nobres.Lá os corpos eram mumificados .
    A religião do Egito Antigo era politeísta ,pois acreditavam em vários deuses ,inclusive: Osíris ,Rá-Atum,Anubís ,Thoth, Bastet ,entre outras divindades.
    A música também tem relação com a luta do povo negro , pela sua liberdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carine, seu texto está regular, precisa rever essa ideia de que nas Pirâmides os corpos eram mumificado, reveja para que serviam as pirâmides. Precisa falar melhor dos deuses e os faraós citados na música, além da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  18. Marilane Rocha dos santos
    Turma 1CM
    A música faraó relata fatos importantes como os principais, deuses do Egito (Osíris, Ísis,Seth,Hórus).Fala também do pelourinho (pequena comunidade de salvador),onde relembra a importância da cultura negra (Olodum).Relata também das pirâmides (onde eram sepultados os faraós).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariane seu texto está regular, sugiro ampliar ampliá-lo, falando melhor da pirâmides, dos faraós e da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  19. A música "Faraó" pode ser usada como forma de ensinamento. Através dela podemos saber um pouco sobre alguns Deus do Egito, como por exemplo, não sabia que Hórus levou a diante a vingança do pai dentre outras coisas que se podem aproveitar nessa música. Incluindo também o fato de que ela é bem legal


    Taíssa dos Santos Augusto da Silva
    Turma: 1cm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taíssa, seu texto está regular, precisa falar melhor sobre os deuses do Egito, a pirâmides e os faraós, além da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  20. José Pablo 1cm autoria = luciano gomes música = faraó gravador em 1987 pelo grupo olodum, mel,margareth Menezes. A música retrata a civilização do povo egípcios suas crenças seus deuses primeiro shu = É um dos deuses da eneada sendo ele e sua irmã gêmea tefnut as primeiras deidades a serem criadas por rá ele é o pai de nut e geb a principal função de shu é sustentar o céu longe da terra o deus do ar e da atmosfera. Geb= é o deus egípcio da terra. Era também um dos eneada. Pai de osiris, isis, seth e neftis e marido de nut geb também sendo considerado deus da morte pois acreditava-se qur ele aprisionava espírito mau para que não pudessem ir para o céu. Osiris=É o deus do julgamento além da vegetação osiris tinha três irmãos seth,neftis e isis osiris se casou com isis que gerou horus e foi o primeiro faraó segundo os egípcios. Ra, deus do sol= É o deus mais importante dos deuses egípcios pois é o criador dos deuses e da ordem divina. Isis= É deusa do amor e da natureza esposa de osiris seu irmão e mãe de horus. Seth= É o deus da violência, da desordem, da traição, do ciúme, do deserto, da guerra. Também o deus da tempestade marido de neftis, matou osiris e assumiu seu lugar como faraó. Aquenaton= conhecido antes do quinto ano do seu reinado como amenofís 4 foi o faraó por 17 anos e morreu em 1336 ou 1334 pai de tutancâmon etc. Tutâncamon = foi um faraó do Egito que faleceu ainda na adolescência. Pirâmides = É a onde ficava as múmias dos faraós seus parentes e seus tesouros muito acreditava ser a ponte da recarnacão. Gize = Terceira maor cidade do egito . A cultura brasileira tem características de origem egípcia igual o turbante que era usado pelo tutãncamon o olodum o cabelo trançado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. José Pablo, parabéns pelo texto, bem bolado, porém sugiro falar melhor do pirâmides e da relação do Egito com a Bahia. Também, precisa rever a digitação, pois tem muitos nomes próprios digitados com letra minúscula, mas seus texto ficou interessante.

      Excluir
  21. Jadielson barbosa 1dm3 de julho de 2018 06:50

    Achei muito interessante cada palavra tem o significado muito importante essa musica faraó busca alguns aspecto da mitologia do Egito o faraó é considerado o deus fala também sobre tutankamon que foi uns dos principais faraó do velho Egito é uma historia muito aprofundada tem seu lado positivo como a cultura civilizaçao e outros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jadielson, seu texto está em um bom caminho, porém sugiro você escrever melhor sobre os faraós e os deuses egípcios, também precisa relatar algo sobre as Pirâmides e a relação da Bahia com o Egito.

      Excluir
  22. A música Faraó é uma música de gênero religioso que fala sobre as divindades dos deuses do Egito como Osíris, Íris entre outros.Também fala sobre as pirâmides que era onde enterravam os Faraós também na música em um trecho fala sobre o Olodum e o Pelourinho que faz parte da cultura africana na Bahia. Ivan silva/1CM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivan, seu texto bem encaminhado, mas sugiro ampliar a explicação sobre os deuses e os faraós, também falar sobre a importâncias das pirâmides...

      Excluir
  23. Alana Santos da Silva. 1BM.
    Na letra da música, Faraó- divimdade do Egito, a musica traz uma abordagem sobre a religião egípcia que, se tratava de uma religião politeísta, onde o povo cutuava varios deuses, deuses estes, que faziam parte do universo mitológico criado pelo povo egípcio. Na música são citados varios deuses como: Osíris, Ísis, Hóros, Seth, etc.
    Além disto, o faraó é mecionado na música como pirâmide base do Egito. No Antigo Egito, o faraó era visto como um ser supremo, representante de uma dividade na terra. Ao analisarmos a pirâmide social do Egito o faraó se está situado no topo da pirâmide, submerso a todas as outras hierarquias, hierarquias estas que obedeciam a todas as ordens do farol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alan, bom texto, mas sugiro ampliar alguns aspectos: a importância das pirâmides, definir o que representava cada deus, citar os nomes dos faraós e relacionar o Egito com a Bahia.

      Excluir
  24. Musica de faraò fala sobre o pelourinho na bahia, que da uma grande caractristica dos povos africanos, a musica tras um bom tema pelourinho e a confraternidade, da cultura do egipcio e da africa.

    Adailson Moura
    Turma (1°DM )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adailson, seu texto ficou regular, precisar ampliar sua interpretação, falar das pirâmides, dos deuses e dos faraós

      Excluir
  25. Aluna=Maria Gabriele S.
    turma=1BM
    Bom,professor essa musica vem trazendo muitos aspectos do Egito antigo,que é cheio de cultura,a partir dessa música temos uma certa noção de como é o Egito e dos seus Deuses que com certeza cada um retrata uma coisa como exemplo Osíris que era o Deus do Julgamento e da vegetação em fim essa musica é um grande incentivo aos negros que pedem igualdade,e ela também nos dá um certo entendimento sobre o Egito em fim no início da musica vem falando como o Egito Surgiu que diz nut gerou as estrelas e também fala da morte e vingança.As pirâmides pelo meu entendimento era usada para colocar múmias dos faraós e suas jóias porque eles acreditavam na vida após a morte,o que me chamou muita atenção foi o fato de que o pelourinho unirá em laços de confraternidade pelo o olodum de certa forma o Pelourinho a Bahia e todo o Brasil vem trazendo a cultura Egípcia também,e é muito curioso na musica que fala que a emersão nem Osíris Sabe como aconteceu,e também fala de Tutancâmon que no meu conhecimento foi um Faraó que morreu ainda jovem.Nessa musica aprendemos muita coisa e temos uma nova imaginação, uma nova visão sobre o Egito sobre seus Deuses e sobre sua cultura que É rica em diversidades,essa música é uma ótima iniciativa para todos que querem igualdade o povo negro pede igualdade e eu também pesso!
    Quero agradecer pela oportunidade de embarcar Neste assunto e poder viajar na imaginação de ter um novo entendimento sobre o Egito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Gabriele, bom texto, bem elaborado, porém sugiro rever a digitação, pois existem algumas palavras com erros na digitação, também escrever usando o verbo no passado: "uma certa noção de como foi o Egito". Também poderia definir os significado dos outros deuses citados na letra da música e explicar melhor a importância das pirâmides e da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  26. Bom,professor essa musica vem trazendo muitos aspectos do Egito antigo,e é muito interessante porque temos um certo entendimento sobre o Egito sobre seus Deuses que com certeza cada um retrata uma coisa como exemplo Osíris que era o Deus do Julgamento e da vegetação,em fim essa musica é um grande incentivo aos negros que pedem igualdade,e apartir dessa música que além de nos ensinar muito nos da uma nova imaginação uma nova visão sobre o Egito sobre seus Deuses,fala das pirâmides que eram utilizadas para colocar múmias dos faraós e suas jóias porque eles acreditavam na vida após a morte,e uma coisa me chamou muito atenção foi a parte que fala que o pelourinho se unirá em laços de confraternidade pelo olodum com o Egito então a Bahia estará não só valorizando a cultura Egípcia e também passará a representar de certa forma as culturas tradicionais do Egito.Essa musica é uma ótima iniciativa para todos que pedem igualdade o povo negro pede igualdade e eu também pesso.O Egito que é cheio de cultura,e essa cultura esta sendo valorizada no Brasil,essa musica também fala de Tutancâmon que foi um faraó que faleceu ainda jovem,fala de nut que gerou as estrelas e também fala da morte e vingança cada Deuses estar representando algo o que é muito curioso,e ela também fala da emersão que nem Osíris sabe como aconteceu o que gera várias dúvidas,essa musica nos leva a viajar,e pensar diferente sobre o "Egito". Fala da mitologia,em fim essa música nos leva a entender melhor o assunto que é o Egito antigo.
    Quero agradecer ao professor Borges por ter a oportunidade de embarcar Nesse tema que é excelente para podermos discutir e estudar!

    Aluna=Maria Gabriele S.
    turma=1BM

    ResponderExcluir
  27. Mariana pinheiro7 de julho de 2018 09:47

    Mariana pinheiro 1CM
    - A música faraó relata fatos importantíssimo sobre a sociedade egípcia,fala muito sobre os deuses como Osíris - deus da vegetação das forças da natureza e da morte;
    Isis - esposa e irmã de Osíris;Hórus - deus do céu e filho de isis e Osíris;e seth-Deus do sol.
    Também faz a comparação com a cidade de salvador, principalmente o pelourinho onde relembra a importância da cultura negra.
    Fala sobre as pirâmides onde eram enterrados os faraós,acreditava-se também sobre a vida após a morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, seu texto está regular, precisa falar melhor pirâmides e os faraós, também tomar cuidado com a digitação.

      Excluir
  28. Marcos Vinícius 1CM
    A musica faraó faz uma comparação muito importante sobre a cidade de salvador principalmente o pelourinho com o Egito ,onde fala sobre a importância da consciência negra.
    Fala sobre os principais deuses do Egito como(seth,osíris,isis e Hórus)cada deus com características importantes .
    Os faraós eram pessoas importantíssimas , eram considerados donos de todas as terras ,dominava a sociedade e o poder e era um semideus.
    Fala sobre as pirâmides onde eram enterrados os faraós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos, seu texto está bem encaminhado, porém sugiro melhorar a interpretação em relação a importância dos faraós e das pirâmides. Também tomar cuidado com a digitação.

      Excluir
  29. Stefany oliveira7 de julho de 2018 09:55

    Stefany Oliveira - 1CM
    A musica faraó relata fatos importantes sobre a sociedade egípcia, fala muito sobre os deuses como: Osíris,isis,seth e Hórus.Faz a comparação do Egito com o pelourinho.Fala também das pirâmides,lugar onde eram sepultados os nobres egípcios.E fala também dos faraós.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Stefany, seu texto está regular, precisa ampliar a interpretação, falar melhor sobre os deuses, as pirâmides e os faraós.

      Excluir
  30. Aluna: Neila
    Turma :1°CM

    A musica faraó foi criada foi criada em 1987 por Luciano Gomes.A musica busca retratar os reis egípcios que foram , Geb :deus do sol , Osiris : deus do julgamento, Rá : deus do sol , Iris : deusa do amor e da natureza Seth : deus da violência,desordem,traição e ciúme, e outros como Hathor ,Anúbis, Thot , Neftis , Maat , Sekhmet, e Ptah .
    É muito importante também falar sobre as pirâmides,elas eram construídas como túmulos, tinham um significafo muito importante para eles pois quando algun faraó falecia enterravam lá pois acreditava-se na vida apois a morte, havia também três principais pirâmides que abrigavam corpos dos reis Quéops, Quéfren e Miquerimon na península de Gize.A musica também fala do pelourinho que é uma pequena cidade em Salvador-ba ,e a religiao qu eles seguiam era a politeísta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neila, seu texto está regular. Precisa rever essa ideia de reis egípcios com deuses, também falar melhor sobre os faraós. Tomar cuidado com a digitação.

      Excluir
  31. Professor aqui é Deivid Oliveira do 1°cm bem eu achei a musica interessante pq retrata oq eles achao q aconteceu no Egito antigo e aprendi um pouco sobre os deuses antingos bem é oq eu acho professor vlw

    ResponderExcluir
  32. Adrielson Dos Santos Caldas - 1°DM

    Essa música fala sobre os aspectos do Egito e do Faraó, sobre os povos africanos, também fala sobre as religiões e dos Deuse e a cultura dos povos egípcios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adrielson, seu texto está regular, precisar ampliar, falando melhor sobre os deuses, os faraós e as pirâmides.

      Excluir
  33. Emanuelle Aparecida Souza Correia 1cm
    A letra da música retrata sobre a história do Antigo Egito ,envolvendo : mitologia, arquitetura, política...
    Os deuses foram: Rá,Osiris,Isis,Hathor,Hórus,Seth,
    dentre outros.
    As pirâmides ( uma enorme construção ,feita de pedras que pesavam muitas toneladas; eram construídas para servir de túmulos para os faraós, pois acreditavam na vida após a morte).A religião do Antigo Egito era politeísta ( cultuavam vários deuses).
    Os cadáveres dos faraós eram mumificados ,para preservar esses corpos.
    Tutankamon- faraó muito poderoso ,dono de todas as terras ,que faleceu ainda muito jovem ( na sua adolescência).
    O Pelourinho mantém " laços " ligados com a cultura egípcia ,que foi trazida pelos africanos ; eles usam turbantes igual aos que Tutankamon usava .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emanuelle, seu texto está bem encaminhado, porém sugiro definir o que representava cada deus, bem como, falar melhor sobre os faraós.

      Excluir
  34. Nome-Joice santos
    Sala-1dm
    Bom professor a letra da música faz referencia a Hórus uma divindade egípcia,a canção escreve os momentos finais da vida de um faraó, significa a imitação que o satanás fez ao deus eterno.
    Que o satanás faz do deus eterno. O Hórus,deus do céu filho de Osíris e Isis,se vingou e assassinou Seth.
    A segunda parte da letra,a canção retrata o olodum e pede atenção para a cultura egípcia no Brasil.
    Na antiga cultura egípcia viviam em uma religião politeísta ,onde os faraós eram considerado deuses , a canção inicia-se com Osíris, deus assosiciado a vegetação e a vida que causou-se com sua irma Ísise o irmão Seth irado com o casamento assassinou seu irmão e tomou o trono olodum.
    Túmulos antigos dos egípcios , que os chamaram de "casa da eternidade", eram túmulos na forma de tronos de pirâmides típicas dos nobres do antigo império.
    A pirâmide, além de ser o tumulo dos faraós também ostentava e exaltava o poder do faraó que a construíra através da sua grandiosidade monumental e arquitetônico.
    Em outras palavras,a construção de uma pirâmide por um faraó era sinônimo de poder e também os deuses egípcios tem muito em comum com os homens: nascem,envelhece e morrem:possuem um corpo que deve se alimentado um nome ,alem de sentimentos.
    Os deuses representados com todas as combinações possíveis :divindades totalmente humanos deuses inteiramente animal como as vidas dos faraós eram também considerado... Apesar de viver em um palácio ter varias esposas e dispor de ... A frente do deus a que era devotado (Amon,Hórus). Umas das partes importante da música são as pirâmides do Egito são os abrigos os corpos dos rei do Egito antes os faraós .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Joice, o texto está interessante, porém deve rever essa ideia de Satanás no Egito, pois não existia. Também falar melhor dos faraós e da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  35. A música Faraó- Divindades do Egito retrata um pouco da história do Egito.
    Fala sobre deuses, que são divindades do universo, Tutankâmon que foi um faraó do Antigo Egito que faleceu na adolescência.
    As pirâmides eram utilizadas para o sepultamento dos faraós e seus familiares e lá eles iriam passar pelo mundo dos mortos porque acreditavam em vida após a morte. A música retrata também do Pelourinho, pequeno bairro de Salvador BA, onde relembra a importância da cultura negra.



    Geiziane Macena
    1°CM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geiziane, seu texto está regular, precisa ampliar a interpretação, falando dos deuses, dos faraós e da relação da Bahia com o Egito.

      Excluir
  36. A música é muito rica em letra falar de cultura , religião e do Egito antigo .Falar sobre ciúmes , amor é assassinatos no egípcio antigo , falar dos Deus Egípcios , falar de Shu Deus egípcio responsável por separar o céu da terra , Éden Jardim que Deus criou para o homem cultivar e guardar , O ovo cosmético símbolo universal do criação do mundo pela grande mãe .
    A música em especial falar de Osíris Deus da força do solo, Marido de Ísis . Falar da traição que Osíris sofreu do seu próprio irmão Seth que o matou para obter o trono , Hórus filho de Osíris e Ísis . Matou Seth por vingança pela morte do pai . As pirâmides eram consideradas a segunda casa dos faraó depois da morte porque eles acreditavam em vida após a morte
    Falar também sobre o Pelourinho bairro de Salvador a capital do estado da Bahia . centro Histórico da cidade.

    *Deivid Albano* (1CM)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deivid Alabano, seu texto está em um bom caminho, porém precisa falar melhor sobre os faraós, das pirâmides e da relação da Bahia como o Egito.

      Excluir
  37. Deivid de Ololiveira
    1cm

    Bom, professor a música faraò tem muito sobre a cultura egípcia piramides,deuses que eram cutuados no antigo Egito por tanto ela também traz o que aconteceu naquela época, como o casamento de osiris com sua irmã isis a vingaça que Horus levava adiante para derrotar o império de mau shet. Naquela época as pirâmides eram feitas para que os faraòs após a sua morte fosse sepultado com seus bens materiais, pois eles acreditavam que seus corpos se encontrária com sua alma no outro mundo. Quando a música cita o Pelourinho quer que nós entendamos melhor a cultura egípcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deivid Oliveira, seu texto está bem encaminhado, porém sugiro ampliar a interpretação em relação aos faraós, os deuses e a relação da Bahia com o Egito.

      Excluir
  38. música religiosa " Faraó " fala sobre vários fatos importantes no Egito Antigo como os deuses ( Osíris , Seth , Ísis , Hórus).Relata também as pirâmides que foram construídas para os faraós e seus familiares , sobre alguns aspectos Bainanos , do centro histórico em Salvador(O Pelourinho)
    Laiza Da Conceição Santos 1CM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laiza, seu texto está regular, precisa ampliar a interpretação, principalmente sobre as pirâmides e os faraós.

      Excluir
  39. Nome: Cleisson Ruan
    Turma:1cm

    O Egito era politeista ou seja acreditavam em deuses, sendo assim seus faraós eram deuses para a população, de uma beleza encantadora sua paisagem era cercada de pirâmides que além de sua beleza eram usadas como lugar de descanso para os faraós.
    A música fala sobre deuses ,que são divindades infinitas do universo ,o casamento de Osíris com Iris ,inclusive Nut ,que gerou as estrelas ,e o mau Seth ,em que Irado o assassinou.Com o assassinato do mau Seth ;Hórus levou avante a vingança a vingança do seu pai ,derrotando o império do mau Seth.Fala também sobre Tutankâmon ,que foi um faraó do Antigo Egito ,que faleceu ainda na adolescência.As pirâmides egípcias eram construídas para servir de túmulos de faraós nobres ,pois acreditavam na "vida após a morte".Lá os corpos eram mumificados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cleisson, seu texto está no bom caminho, porém sugiro rever essa ideia do faraó como um deus, precisa ainda falar melhor da relação da Bahia como o Egito. Tomar cuidado com a digitação.

      Excluir
  40. A música fala da antiga cultura egípcia em que os egípcio viviam em uma religião politeísta, onde, os faraós eram considerados deuses e eram, a esses, atribuído poderes. Ao falar sobre os deuses, a canção inicia-se com Osíris, deus associado à vegetação e a vida, que casou-se com sua irmã Ísis, e o irmão Seth, irado com o casamento, assassionou seu irmão e tomou o trono. Hórus, deus do céu, filho de Osíris e Ísis, se vingou e assassinou Seth. A segunda parte da letra, a canção retrata o Olodum, e pede atenção para a cultura egípcia no Brasil.A letra faz menção a vários aspectos da história do Egito Antigo, dentre eles podemos destacar a mitologia, religião, arquitetura e a política,e as pirâmide que era usada para coloca as múmias dos faraó e ouro pois eles acreditava na vida após a
    morte.

    Keven Richard
    Turma: 1cm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Keveb, seu texto está bem encaminhado, porém sugiro falar da importância das pirâmides e da relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  41. Aluna;Michelle Sardinha de Carvalho
    Turma;1C M
    As pirâmides egípcias foram construídas para servi como túmulos de faraós e nobres. Os egípcios acreditavam que o espírito de uma pessoa permanecia vivo pós-morte se seu corpo ficasse conservado, portanto, os egípcios conservavam os corpos mumificando-os e os enterravam nos túmulos dentro das pirâmides.
    Os deuses descritos na música são Osíris associado a vida além da morte e também a vegetação, Ísis deusa-mãe, do amor e da magia, Hórus deus do céu Geb deus da terra, Nut deusa do céu, Seth deus do caos, Shu deus do ar e da atmosfera, Rá deus do sol.
    O faraó não representava somente um deus na terra, ele exercia uma grande função que era cuidar do povo como pudesse, pois tudo que acontecia no Egito era responsabilidade do faraó.

    ResponderExcluir
  42. Jamile 1Dm
    A música,faraó é um hino muito religioso que fala história do seus deuses do antigo egito aqui em Salvador tem a cultura no pelourinho em um ritmo de oludum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jamile, precisa rever no seu comentário essa ideia da música ser um hino religioso, também deve ampliar o comentário.

      Excluir
  43. Sobre o Pelourinho Na Bahia , Que Dá Uma Grande Característica, dos Povos Africanos . A Música Trás Um Bom Tema Sobre O Pelourinho e a Confraternidade Da Cultura Egipcia e Áfricana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa falar melhor dessa relação da Bahia com o Egito.

      Excluir
  44. Essa música lembra muito o Pelourinho, que fica localizado na Bahia. Que Uma Grande Característica, dos Povos Africanos . A Música Trás Um Bom Tema Sobre A Confraternidade Da Cultura Egipcia e Áfricana.
    Ela também fala de faraó um representante dos Deuses, também chamado de " SemiDeus "

    Mateus Fiuza
    Turma (1°DM)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa rever essa parte, explicar melhor a relação do Egito com a Bahia.

      Excluir
  45. Carlos Fiuza 1°DM

    A música faraó veio para homenagear a cultura, a mitologia, a arquitetura, a política e a religião do povo egípcio, sendo uma população que se desenvolveu no norde ste da África. Entre os aspectos mencionados a música tem um maior enfoque na sua religiosidade, onde Shu representa o deus egípcio do ar seco, do estado masculino, calor, luz e perfeição. Juntos, Shu e Tefnut geraram Geb e Nut; já Osíris era um dos importantes deuses egípcios, pois era associado à vida além da morte e também à vegetação, enquanto Isis é a deusa da fertilidade e maternidade e mãe de Hórus; Seth é o deus do caos, da violência, da desordem e do deserto e Hórus é um deus solar, ou o deus dos céus; já Tutankâmon faraó do Antigo Egito que faleceu ainda na adolescência. Vale comentar que os faraós são os representantes dos deuses, enquanto os deuses são seres superiores que tem poder sobre o ser humano e ao qual é prestada veneração. Um aspecto bastante importante a ser comentado e que está presente na canção é sobre as pirâmides egípcias que foram construídas no intuito de servir como túmulos para os faraós. Pois, o povo egípcio acreditava que se o corpo fosse bem conservado o espírito da pessoa permaneceria vivo após sua morte.
    Por fim podemos perceber a grande semelhança entre a civilização egípcia com a civilização baiana, sendo que as duas possui uma forte influência religiosa, onde no Egito havia a adoração ao seus Deuses, enquanto na Bahia adoração pelos orixás, além das riquezas arquitetônicas como as belas pirâmides egípcias e em Salvador os enormes prédios e casarão, outra significativa semelhança era utilização de turbantes comumente usados pelos povos egípcios e que devidamente começaram a ser utilizados pelos baianos, representantes da cultura afrodescendente. Como consequência deixaram de lado os cabelos trançados para dar espaço a essa nova tendência cultural.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom texto Carlos, acho que apenas deve falar um pouco melhor sobre os faraós.

      Excluir
  46. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  47. Andressa Araújo da silva 1ºDM19 de julho de 2018 10:41

    segundo a letra da música podemos perceber que os povos egípcios consideravam os faraós como deuses, isso também porque eram politeístas, a musica também cita sobre osíris onde ele é associado a vegetação e a vida, dentre outros deuses, percebe-se também que a letra tenta aproximar a cultura egípcia com a cultura baiana, principalmente como o olodum e com o bairro do pelourinho, as pirâmides também eram muito simbólico para os egípcios por ser o lugar onde ficavam os corpos das múmias e que acreditavam em vida após a morte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andressa, seu texto está em um bom caminho, mas sugiro falar melhor sobre os faraós e as pirâmides

      Excluir
  48. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  49. Amanda Vitória De Santana Rocha19 de julho de 2018 15:37

    Uma música muito elaborada, que no entanto pede atenção dos pontos mais importantes da Civilização Egípcia.Faz sua idolatração,aos faraós e aos deuses que eram gloriado pela população egípcia,pois viviam em uma religião politeísta.
    Ao citar sobre deuses a canção inicia-se com Osíris (Deus da
    morte),que casou-se com Iris(Deusa do céu), e o irmão Seth, o irado com o casamento os matou,e assim tomou o trono.E por cima á música não deixa de saudar uma das pessoa mas poderosa do antigo Egito, o saudoso faraó "Tutancâmon", na qual era dono de todas as terras, e mandava em tudo, até sua morte quanto aos deuses era privilegiado, pois construíram as famosas pirâmides para imumifica seus corpos coberto de jóias e ouro, porquê acreditavam na vida após a morte.
    Já a segunda parte da canção retrata o olodum, e pede atenção para a cultura Egípcia, uma cultura negra que precisa ser despertada e mais visível no Brasil, no Pelourinho de forma mais especifica.
    Algo no final que a música deixa claro, o povo negro pede por liberdade á ideia que é necessário vencer o racismo,o povo necessita de liberdade para ser o que quiser sem sofrer preconceito,precisar de mais igualdade, oportunidades e escolhas que todas as outras pessoas já tem.

    ALUNA(O)-Amanda Vitória De S.Rocha
    SÉRIE-1°DM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, bom texto, mas precisa rever essa ideia de idolatria aos faraós, também falar melhor sobre as pirâmides e os deuses.

      Excluir
  50. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  51. Uma música muito elaborada, que no entanto pede atenção dos pontos mais importantes da Civilização Egípcia.Faz sua idolatração
    aos faraós e aos deuses que eram gloriado pela população egípcia,pois viviam em uma religião politeísta.
    Ao citar sobre deuses a canção inicia-se com Osíris (Deus da
    morte),que casou-se com Iris(Deusa do céu), e o irmão Seth, o irado com o casamento os matou,e assim tomou o trono.E por cima á música não deixa de saudar uma das pessoa mas poderosa do antigo Egito, o saudoso faraó "Tutancâmon", na qual era dono de todas as terras, e mandava em tudo, até sua morte quanto aos deuses era privilegiado, pois construíram as famosas pirâmides para imumifica seus corpos coberto de jóias e ouro, porquê acreditavam na vida após a morte.
    Já a segunda parte da canção retrata o olodum, e pede atenção para a cultura Egípcia, uma cultura negra que precisa ser despertada e mais visível no Brasil, no pelourinho de forma mais especifica.
    Algo no final que a canção deixa claro,é o povo negro pede por liberdade á ideia que é necessário vencer o racismo,o povo necessita de liberdade para ser o que quiser sem sofrer preconceito,precisar de mais igualdade, oportunidades e escolhas que todas as outras pessoas já tem.

    ALUNA-Amanda Vitória De Santana Rocha
    SÉRIE-1°DM

    ResponderExcluir
  52. Muita linda a música e a mensagem que ela passa.

    ResponderExcluir
  53. Amanda Vitória De Santana Rocha19 de julho de 2018 18:03

    Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  54. Ramona dos S. Evangelista
    1 FM

    A música logo de início mostra o casamento de Osíris e Ísis. Osíris era o deus dos mortos, da fecundidade e da vegetação, e era apresentado pelo rio Nilo. Ele iria em busca as almas dos mortos para serem julgadas em seu tribunal. A Esposa-irmã de Osíris, Ísis era protetora, piedosa e estava relacionada à magia. Com Osíris teve o filho Hórus.
    Seth, além de ser irmão de Osíris, também foi seu grande inimigo por inveja ao seu trono. Deus do caos, ele era responsável pelas guerras e por toda a escuridão. Com a forma do porco-formigueiro, ele matou seu irmão que assim governou o Egito por muito tempo.
    Hórus, é o protetor dos faraós e das famílias. Lutou contra Set pelo trono do principal deus do Egito após o assassinato de seu pai, Osíris.
    Além de Isis, Osíris, Seth e Hórus, podemos citar também principais deuses do Egito, como: Rá-Atum - Primeiro deus do panteão, responsável pela criação do mundo e representado pelo Sol.
    Nephthys - Irmã de Isis e irmã-esposa de Set.
    Hathor - Deusa guardiã das mulheres e protetora dos amantes, e esposa de Hórus.
    Anúbis - Nasceu da união de Osíris e Nephthys. Foi responsável pela mumificação ao embalsamar o corpo do pai.
    Thoth - Alguns textos dizem que é filho de Rá, enquanto outros, de Set. Patrono da lua, da sabedoria e da cura, possui a cabeça de ave.
    Bastet - Deusa da fertilidade, sexualidade e do parto. Com cabeça de gato e corpo de humano, considerada a protetora das mulheres.
    Sekhmeth - deusa com cabeça de leoa, filha de Rá e, por isso, reflete o aspecto destrutivo do Sol.
    Temos as pirâmides, que foram construídas pelos escravos do Egito e homens livres. As pirâmides eram consideradas a segunda casa de Faraó. Eles acreditavam que após a morte eles reviveriam. Dentro delas eram colocados os pertences do Faraó e objetos de valor incluindo suas mulheres (vivas). E claro, não havia ressurreição e suas mulheres vinham a óbito. As pirâmides mais famosas são aquelas encontradas na Necrópole de Gizé. Todas a pirâmides egípcia foram contraídas na margem ocidental do rio Nilo, local onde era associado ao reino dos mortos na mitologia egípcia.
    O Egito é a base da Bahia, da cultura ocidental, e a raiz mais antiga dos descendentes de africanos. Nosso povo (negros) surgiu na África.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ramona, bom texto, mas sugiro procurar falar melhor sobre os faraós e da relação da Bahia com o Egito.

      Excluir
  55. Uma música muito elaborada, que no entanto pede atenção dos pontos mais importantes da Civilização Egípcia.Faz sua idolatração
    aos faraós e aos deuses que eram gloriado pela população egípcia,pois viviam em uma religião politeísta.
    Ao citar sobre deuses a canção inicia-se com Osíris (Deus da
    morte),que casou-se com Iris(Deusa do céu), e o irmão Seth, o irado com o casamento os matou,e assim tomou o trono.E por cima á música não deixa de saudar uma das pessoa mas poderosa do antigo Egito, o saudoso faraó "Tutancâmon", na qual era dono de todas as terras, e mandava em tudo, até sua morte quanto aos deuses era privilegiado, pois construíram as famosas pirâmides para imumifica seus corpos coberto de jóias e ouro, porquê acreditavam na vida após a morte.
    Já a segunda parte da canção retrata o olodum, e pede atenção para a cultura Egípcia, uma cultura negra que precisa ser despertada e mais visível no Brasil, no pelourinho de forma mais especifica.
    Algo no final que a canção deixa claro,é o povo negro pede por liberdade á ideia que é necessário vencer o racismo,o povo necessita de liberdade para ser o que quiser sem sofrer preconceito,precisar de mais igualdade, oportunidades e escolhas que todas as outras pessoas já tem.

    ALUNA-Amanda Vitória De Santana Rocha
    SÉRIE-1°DM

    ResponderExcluir
  56. Eu entendir que enquanto os escravos construíam pirâmide sem parar também oravam noite e dia para deus os libertar também entendi que os faraós eram os reis do Egito antigo possuíam poderes absoluto na sociedade

    ResponderExcluir
  57. A música mim tocou muito pq vem falando do Egito antigo,e eu aprendi muito,com a musica e com o q o senhor falou na sala de aula sei agora quem é os deuses e quem era os faróis, e também quando falar de do pelourinho (bruna 1bm)

    ResponderExcluir
  58. Gabriela dos Santos Oliveira
    (1°FM)
    Para chegar a “Faraó”, lançada em 1987, precisamos retroceder ao surgimento dos blocos afro, com o Ilê Aiyê, em 1974. E para falar do Ilê, acho justo voltarmos não apenas aos blocos de índio como às escolas de samba da Bahia, que surgiram nos anos 1960. A história é muito rica, mas vou resumir porque, conforme aprendi com Vivaldo da Costa Lima, “quem pretende esgotar um assunto, acaba esgotando a audiência”. Isso posto, perdoem as eventuais omissões. Pois bem, em 1965 o bloco Filhos do Tororó, fundado em 1943, virou a Escola de Samba Filhos do Tororó, com enredo de Nelson Rufino: “Postais da Bahia”. Ritmistas do Samba, Juventude do Garcia…, essas agremiações surgiram de uma vontade de refazer aqui o carnaval carioca e tiveram seu esplendor naquela década. O jovem Antônio Carlos dos Santos, o Vovô da Escola Parque, era um desses aspirantes a carnavalesco. Quando o Ilê Aiyê surgiu, fundado por Vovô e Apolônio de Jesus, em pleno processo de decadência das escolas, foi um choque: se não era um bloco de índio, como o Apaches também do Tororó, tampouco era escola de samba. Afinal, “que bloco é esse?”. Bloco afro, eles classificaram, criando um novo segmento.
    As primeiras pirâmides egípcias conhecidas são encontradas em Saqqara, ao noroeste de Mênfis. A primeira delas foi a pirâmide de Djoser (feita entre 2630 a.C-2611 a.C.), que foi construída durante a III dinastia egípcia. Esta pirâmide e o seu complexo circundante foram projetados pelo arquiteto Imhotep e são geralmente considerados as mais antigas estruturas monumentais do mundo construídas de alvenaria vestida As pirâmides egípcias mais famosas são aquelas encontradas na Necrópole de Gizé, nos arredores da cidade do Cairo. Várias das pirâmides de Gizé estão entre as maiores estruturas já construídas.[6] A pirâmide de Quéops, em Gizé, é a maior pirâmide egípcia, cuja altura original chegava a mais de 140 metros.

    ResponderExcluir
  59. A música mostra a antiga cultura egípcia onde viviam em uma religião politeísta. A canção inicia-se falando dos deuses (Faraós) esses que eram atribuídos poderes. A música também fala do Pelourinho, uma pequena comunidade que o Olodum uniu laços de confraternidade para despertar a cultura egípcia no Brasil.
    Ass: Aline da Silva dos Santos - 1°BM

    ResponderExcluir

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D