terça-feira, 4 de julho de 2017

Alunos do Colégio Edgard Santos, elaboram cordel sobre livro relacionado a História e Cultura da África





Os alunos do Colégio Estadual Professor Edgard Santos (CEPES), localizado na cidade de Governador Mangabeira, da turma do primeiro ano D - turno matutino, elaboraram um cordel acerca do livro UMA CONVERSA SOBRE AS ÁFICAS, de autoria do professor de História da África da UFRB - JUVENAL DE CARVALHO. O cordel fez parte do projeto LITERATURA E PROBLEMAS SOCIAIS, objetivando estimular entre os estudantes a leitura e a consciência critica, sendo que a culminância aconteceu no dia 20/06/2017. 
A elaboração do cordel foi coordenada pelo professor de história da citada turma - Luís Carlos Borges da Silva, a partir do estudo da temática África: berço da humanidade, sendo que a sala foi dividida em seis grupos de sete alunos, os quais fizeram a leitura do livro em  equipe  e em seguida produziram o cordel, que foi apresentado durante a culminância do mencionado projeto. Salientando que essa atividade, também está em consonância com o disposto na lei 10.639/2003, que torna obrigatório o ensino de História e Cultura Afrobrasileira em toda a educação básica do país.
O livro Uma Conversa Sobre as Áfricas, se fundamenta no diálogo entre um velho (seu Didi) e um jovem (Nascimento), acerca da histórica e cultura dos povos africanos, bem como, suas contribuições para o Brasil e a humanidade em geral. O livro é um convite, um pedido de licença para abrir uma grande roda de conversa sobre as Áfricas. “Agô, agô, eu peço agô"!
Vale mencionar que no desenvolvimento do aludido projeto, também foram produzidos cordéis sobre outros livros, como a Moreninha, Policarpo Quaresma, Auto da Compadecida, Dom Casmurro, As Vítimas Algozes, bem como, acerca de temáticas de cunho social e cultura, dentre as quais podemos citar: violência contra mulher, usos e abusos do celular, história do cordel, orgulho brasileiro, festas juninas, seca no Nordeste, o Edgard de hoje, preconceito racial, o Brasil de luto, as tradições e linguagens do sertão e outros.
"Parabenizamos aos estudantes da turma do primeiro DM pela produção do relevante cordel, bem como, agradecemos aos professores, as professoras e a direção do CEPES pelo apoio na realização dessa significativa atividade, também externar nossos parabéns ao professor Juvenal de Carvalho pela inciativa de produzir esse ótimo livro, enfatizando a importância de levar para a sala de aula a rica história e cultura do continente africano.
A seguir consta o mencionado cordel na integra.      

CORDEL - LIVRO UMA CONVERSA SOBRE AS ÁFRICAS

Com licença, muita licença
Agora vou lhe falar
A África é o continente
Que esse cordel vai informar.


O livro Uma Conversa sobre as Áfricas
Escolhemos para analisar
Nele existem várias curiosidades
Que agora o primeiro D vai relatar.


Na conversa de seu Didi e Nascimento
Esse bom livro é fundamentado
Quando em todo momento
O velho pelo menino é interrogado


Ficamos sabendo de muitas coisas
Que o Brasil herdou de lá
Dos diversos povos e etnias
Que o europeu resolveu escravizar.


Aprecio o samba e a capoeira
Ao som do tambor e do berimbau
Gosto de ouvir os mais velhos
Com sua sabedoria sensacional.


Mentiras pelos dominadores
Passaram a ser divulgadas
Quando a palavra África
Pelo mundo foi espalhada.


Os europeus não usaram só a força
Disseram que a África era um lugar ruim
Construíram uma imagem negativa
Mesmo sabendo que não era assim.


Ideias erradas sobre a África
Na mídia ainda são faladas
A história desse continente
Na escola deve ser valorizada


Existem várias maneiras
Do racismo fazer a imposição
Com preconceitos e teorias
Que aumentam a discriminação.


A África é um continente
Com várias identidades
Possui 55 países.
Cada um com sua realidade.


Através da nossa fala
O preconceito pode acontecer
Humor negro, lista negra
Nunca devemos dizer.


Na internet e na TV
Existe discriminação
Desse rico Continente
Com tanta diversificação


Novas ideias estão surgindo
Contra essa discriminação
Incluindo o ensino da África
Em todo sistema de educação.


De olho nas riqueza
Os europeus fizeram a invasão
Discriminando o povo africano
E introduzindo a exploração.


Dividir para dominar
Diziam as nações europeias
Partilhando entre si a África
E Impondo suas ideias.


Antes dos europeus
Uma invasão existiu
Através dos povos árabes
E outra religião se expandiu 


Depois vieram os brancos
Com a ideia de civilização
Impondo uma maneira de pensar
Que humilhava toda população.


Com o passar dos anos
Acabou essa crueldade
Com lutas pela independência
Que levaram a liberdade.


Foi na África que tudo começou
O continente berço da humanidade
Por lá vários reinos existiram
Estados organizados de verdade.


Um forte exemplo é o Egito
Reino antigo de muita evolução
Já faziam arquitetura e medicina
Criaram as pirâmides e a mumificação.


Nascimento ao questionar seu Didi
Conseguiu chegar a uma conclusão
Com essas mudanças na escola
Á África é estudada com outra visão.


                                                      A leitura desse livro                       
Nos trouxe uma reflexão
Que a África é muito rica
Com uma cultura de expressão


Ao autor Juvenal de Carvalho
Parabéns por assim trabalhar
Passando para os estudantes
A África com um outro olhar.


Diga não ao preconceito
Ao racismo e a discriminação
Lembre-se sempre que o negro
Ajudou a construir nossa nação.


Falando do projeto de leitura
Parabéns pela sua organização
Através dele conseguimos falar
Da África com muita emoção.


Obrigado aos professores e aos colegas
Que esses versos ajudaram a organizar
Aqui fica uma grande certeza
Como é gostoso no Edgard estudar.



CEPES
Colégio Estadual Professor Edgard Santos
Rua Manoel Machado Pedreira, S/N
Gov. Mangabeira – Ba
Fone/Fax: (75) 3638 2263
Email: cepes29@hotmail.com


Autores do Cordel: Alunos do Primeiro DM
Coordenador: Professor Borges
Livro escolhido para o Cordel:
Uma Conversa Sobre as Áfricas
Autor: Juvenal de Carvalho.
Projeto: Caravana do Forró.
Tema: Literatura e Problemas Sociais.

Governador Mangabeira – BA, 2017
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D