sábado, 21 de janeiro de 2017

21 de Janeiro - Dia Nacional de Combate a Intolerância Religiosa

Entidades brasileiras celebram, neste sábado (21), o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. A data foi instituída em 2007 depois da morte da sacerdotisa do candomblé Gildásia dos Santos, conhecida como Mãe Gilda. Após ter a casa e o terreiro de candomblé em Salvador, invadidos por grupos de outra religião e o marido agredido, a  iyalorixá morreu em decorrência de um infarto. Atualmente, o dia é uma oportunidade para atentar sobre a necessidade de se respeitar a diversidade religiosa e, assim, reduzir os casos de crimes de ódio no País.
Segundo dados da Secretaria dos Direitos Humanos (SDH), vinculada ao Ministério da Justiça, entre janeiro e setembro de 2016 (dado mais recente disponível), foram registradas 300 denúncias de intolerância religiosa, pelo Disque 100. Na comparação com o mesmo período do ano passado, que teve 146 denúncias, foi registrado um aumento de 105%, sendo que 70% dessas denúncias são relacionadas às religiões de matriz africana. 
O aumento, porém, pode ser ainda maior, pois os dados do ano inteiro não foram consolidados. E apesar do número alarmante, nem todos denunciam as agressões sofridas.

O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa deve ser todos os dias, em todos os lugares, pois ainda falta muito para que as diversas formas de intolerâncias sejam coisas do passado e que os direitos humanos sejam garantidos para todas e todos, religiosos ou não.

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/06/1648607-a-cada-3-dias-governo-recebe-uma-denuncia-de-intolerancia-religiosa.shtml
http://www.pt.org.br/dia-nacional-de-combate-a-intolerancia-religiosa/

http://www.vermelho.org.br/noticia/291138-1
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D