segunda-feira, 1 de agosto de 2016

SEPROMI, REALIZA SEMINÁRIO ACERCA DA RESISTÊNCIA E EMPODERAMENTOS DAS MULHERES









Na última quinta feira (28/07/16) foi realizado no Clube Cultural do nosso município, o Seminário: A Mulher Negra na Sociedade Brasileira: Resistência e Empoderamento, uma iniciativa do Departamento de Mulheres da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade – SEPROMI, com o apoio da Faculdade Maria Milza (FAMAM) e da SEPROMI Estadual.
O evento contou com um público superior a 200 pessoas, objetivando fortalecer as ações de atividades relacionadas ao Julho das Pretas, bem expor para a sociedade civil a atuação, lutas e valorização das mulheres negras em nosso estado e município, tendo em vista a condição de anos de opressão vivenciada pelas mesmas no Brasil e no Mundo.
Participaram da mesa de abertura a Prefeita Domingas Souza da Paixão, a jovem Elisia Santos (SEPROMI Estadual), a senhora Antonia Araújo (STR), a professora Lívia Tosta (IF Baiano), a psicóloga Aryane Dias (CREAS), professora Maria do Carmo Ferreira (Centro de Qualificações Profissional), Kassandra Regina Andrade (ASCOOB Paraguaçu), o secretário  da SEPROMI – professor Luis Carlos Borges, a pedagoga Ana Iara (SEC local), a senhora Lucivânia Pereira (Associação da comunidade de Jacarezinho). Também estiveram presentes no evento o secretário de Agricultura José Mario, o jornalista Tárcio Machado, professores e estudantes das escolas CEAG, CEPAVP, IF Baiano, José Bonifácio Edgard Santos, além de representantes de órgãos municipais e da sociedade civil.
Durante o evento, a prefeita Domingas da Paixão, foi homenageada pela equipe da SEPROMI através de uma placa, agradecendo pela criação dessa secretária. A prefeita, agradeceu pela homenagem e ao mesmo tempo parabenizou a SEPROMI pela realização do evento, algo fundamental para perceber a luta das mulheres em nosso pais, estado e município.  
Após a mesa de abertura, formou-se outra mesa com as palestrantes: a Jornalista - Juliana Rezende, cuja explanação foi sobre A Mulher na Política em Governador Mangabeira, voltada para a figura da prefeita Domingas da Paixão, a historiadora - Kátia Maria Pereira, abordou a seguinte temática – Cabelo Ruim, Qual Mal que ele te fez?, pesquisa desenvolvida com as alunas do CEAG e a historiadora Ileana Hellen Cardoso, que discutiu A Participação da Mulher na Guerra de Libertação de Moçambique.
Para Idaiane Freitas diretora do Departamento de Mulheres a atividade veio expor e reforça as lutas de muitas mulheres e divulgar o excelente trabalho desenvolvido pela Rede de Mulheres Negras da Bahia, a militância feminina tem garantido a continuidade de políticas públicas para as mulheres, o que tem resultado em significantes conquistas, pois segundo Sueli Carneiro “as mulheres negras brasileiras encontraram seu caminho de autodeterminação política, soltaram as suas vozes, brigaram por espaço e representação e se fizeram presentes em todos os espaços de importância.”
“Agradecemos a presença dos estudantes das escolas CEAG, CEPAVP, IF Baiano, José Bonifácio e Edgard Santos no evento, bem como as palestrantes e representantes de órgãos municipais e estaduais e da sociedade civil organizada, enfatizando o apoio da FAMAM e da SEPROMI Estadual para a realização desse seminário, não esquecendo o empenho e dedicação da equipe da SEPROMI local, também agradecemos aos jovens do grupo Educapoeira pela apresentação e a Jair e Joelma belas boas músicas cantadas no seminário. Por certo atividades como essas contribuem de forma significativa para o reconhecimento da luta feminina no Brasil, bem como reforça a ideia de empoderamento das mulheres”, salientou o professor Borges – Secretário da SEPROMI.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D