segunda-feira, 9 de novembro de 2015

SEC e SEPROMI, realizam seminário sobre livros paradidáticos de História e Cultura Afrobrasileira


No último sábado (07/11/2015), as Secretarias de Educação e de Promoção da Igualdade do município de Governador Mangabeira, realizaram o seminário: A Produção de Material Paradidático acerca da História e Cultura Afrobrasileira e Indígena, quando na oportunidade estiveram presentes os autores dos livros: Uma Conversa sobre as Áfricas (Juvenal de Carvalho) e O que há de África em Nós e Uma História da Cultura Afrobrasileira (Walter Fraga), os quais discorreram acerca da importância dessas temáticas na prática pedagógica. Vale salientar, que os citados livros foram adquiridos pela SEC para serem distribuídas nas escolas, somando um investimento superior a R$ 14.000,00, atendendo uma sugestão da SEPROMI.

Durante o evento foi lançado o livro: O Santo é quem nos vale rapaz! Quem quiser acreditar que acredite, da historiadora mangabeirense Alaíze Conceição, que explanou como ocorreu a produção de seu livro. 

O evento foi bastante proveitoso, contando com as presenças de gestoras, gestores, professores e professoras e outros profissionais da educação das redes municipal e estadual, além de estudantes do curso de história da FAMAM, somando mais de 200 pessoas presentes. Dentre as autoridades, que marcaram presença no seminário destacamos: a Secretaria de Educação Maria das Graças Menezes (Gal), o Professor Borges - secretário da SEPROMI, o vereador Nerinho, Elisia Santos - representando a SEPROMI Estadual e Érica Capinan - representado a Coordenação de Diversidade da Secretaria de Educação do Estado. 

No final do evento cada gestora(o) recebeu um kit contendo os citados livros paradidáticos, bem como foram sorteados alguns exemplares do livro da professora Alaíze Conceição, também durante a atividade aconteceram algumas apresentações culturais com o grupo Educapoeira e o coral da Escola Elza da Silva, além da interpretação do Hino Nacional por Gabriel Lima. Lembrando ainda do delicioso café da manhã organizado pela equipe de funcionários da SEC.

"Em nome das secretarias de Educação e de Promoção da Igualdade, gostaríamos de agradecer a todos e a todas que participaram do evento, em especial os professores(as) e gestores(as) do município, além dos estudantes da FAMAM, não esquecendo dos funcionários da SEC e da SEPROMI, bem como da colaboração da UFRB com a doação das pastas. Sem dúvidas foi um evento de alta qualidade, demonstrando a preocupação da SEC e da SEPROMI em colocar em prática o que esta estabelecido nas leis federais 10.639/2003 e a 11645/2008, que tornam obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena na educação básica de todo país. Por último, quero agradecer a secretária de educação Maria das Graças (Gal) por acolher a sugestão da SEPROMI para realização do seminário, bem como parabenizá-la pelo ótimo trabalho que vem realizado a frente desta secretaria", salientou o professor Borges.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D