sexta-feira, 15 de março de 2013

Tragedia no Rio Paraguaçu, deixa quartro pessoas mortas


Quatro pessoas da mesma família morreram afogadas na noite de quinta-feira (14), na cidade de Santo Estevão, a 148 km de Salvador. Segundo a polícia, o grupo tentava atravessar de canoa o rio Paraguaçu. Duas crianças, de 6 e 7 anos, estão entre as vítimas.
Outros três adultos estavam na embarcação. Entre eles, dois eram tios das crianças, que também morreram, e a mãe delas, que sobreviveu ao 
acidente. Segundo a polícia, a mãe, que tem 28 anos, conseguiu se segurar no barco e foi resgatada por pescadores.
Somente o corpo do tio, de nome Joaquim, foi localizado até por volta das 15h30 desta sexta-feira (15). O Corpo de Bombeiros faz buscas no rio. De acordo com informações da delegacia, a família morava no povoado de Sobrado, que pertence à cidade de Cabaceira do Paraguaçu, e transportava no barco a mudança que faria para uma fazenda do povoado Modelo, em Santo Estevão, por volta das 18h, início da noite.
De acordo com o depoimento da mãe, informado à polícia, no meio do trajeto, as ondas cresceram e o barco virou. A polícia informou que a realização de travessias no rio é considerada uma prática normal para a população. Fonte G1/Bahia

Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D