sábado, 10 de novembro de 2012

Médico que "receitou" cadeados vai ser processado

A dona de casa Adriana Santos, 33, disse que vai processar  o médico  José Soares Menezes, que escreveu em uma receita para ela "cadialina", recomendando à paciente o uso de seis cadeados como forma de perder peso. O fato aconteceu durante consulta no posto móvel da Fundação José Silveira (FJS), no bairro do Uruguai,  último dia 1º. O profissional indicou que os cadeados deveriam ser colocados "na boca, geladeira, armário, freezer, congelador e cofre", conforme escrito no receituário médico.
De acordo com Adriana, ela e a família aguardavam uma retratação, o que não aconteceu. "Agora não aceito mais desculpas. Ele vai se resolver com a Justiça", disse, nesta sexta-feira, 9, a dona de casa. Na opinião do advogado criminalista Luiz Augusto Coutinho, Adriana pode entrar com uma ação judicial de indenização por danos morais. "No caso apontado, não caberia uma ação criminal. No entanto, a conduta do profissional causou danos à paciente", explicou o jurista.
Nesta sexta, o médico foi afastado das funções pela Fundação José Silveira, onde atuava em um posto móvel que percorria comunidades de Salvador. De acordo com informações da assessoria de comunicação da fundação, o afastamento irá durar o tempo necessário para a investigação do caso pelo Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb). Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D