quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Joaquim Barbosa: primeiro negro presidente do STF

O ministro Joaquim Barbosa foi eleito nesta quarta-feira (10) presidente do Supremo Tribunal Federal.
A eleição de Joaquim Barbosa seguiu o rito da mais alta corte de justiça do país. Todos os ministros votaram em Barbosa. Seguindo a tradição, o voto dele foi para o vice: Ricardo Lewandowski. O ministro Celso de Mello, que está há mais tempo no tribunal, saudou o futuro presidente.
“Tenho certeza de que saberá agir com sabedoria, com prudência, com segurança, enfrentar e superar os obstáculos que são tão comuns ao exercício da presidência da Suprema Corte do Brasil”, disse Celso de Mello.
Joaquim Barbosa assume a presidência do Supremo Tribunal Federal em novembro, quando o atual presidente, Ayres Britto, completa 70 anos de idade e deixa o cargo. Joaquim Barbosa, que é conhecido pelo temperamento forte, que já provocou discussões acaloradas com os colegas de plenário, disse nesta quarta, em entrevista exclusiva, que a paz é uma das metas da sua gestão.
“Muita paz aqui no tribunal. Muito embora eu saiba que paz aqui, com todos os problemas que a sociedade brasileira nos apresenta, é uma metáfora”, disse o presidente eleito do STF.
Aos 58 anos, Joaquim Benedito Barbosa Gomes será o primeiro negro a assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal. É ministro do STF desde 2003, quando foi indicado pelo ex-presidente Lula. Nascido em Paracatu, interior de Minas Gerais, filho de um pedreiro e de uma dona de casa, foi aluno de escola pública, faxineiro e trabalhou no Senado. É doutor e mestre em direito público pela Universidade de Paris, e fala quatro idiomas.
Durante os julgamentos, costuma ficar em pé e trocar de cadeira para aliviar as dores nas costas e nos quadris, causadas por uma inflamação na base da coluna. Como ministro do STF, ficou mais conhecido depois de ser sorteado relator do mensalão, e ganhou popularidade.
“Não é popularidade minha, é popularidade do tribunal”, ressaltou o ministro. “É um orgulho muito grande fazer parte do tribunal neste momento tão auspicioso, tão importante.”
Segundo a tradição do Supremo Tribunal Federal, o critério para eleger o presidente é o da antiguidade. Depois de cumprir o mandato de dois anos, quem exerceu esse cargo vai para o fim da fila. O ministro Joaquim Barbosa disse que tomará posse no dia 22 de novembro. Fonte: JN
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D