quarta-feira, 11 de abril de 2012

Jaques Wagner sanciona lei antibaixaria

 A lei antibaixaria, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia no dia 27 de março, foi sancionada nessa quarta-feira (11) pelo governador Jaques Wagner (PT). A lei proíbe a utilização de recursos públicos para contratação de artistas que cantem músicas ofensivas às mulheres e homossexuais. Embora tenha sido elaborada pela deputada estadual Luiza Maia (PT) para combater as músicas de pagodeiros baianos, cujas letras depreciam principalmente as mulheres, a lei pega também obras consagradas da MPB.
Isso significa que, por exemplo, a obra “Geni e o Zepellin”, da Ópera do Malandro,  de Chico Buarque de Hollanda, não poderá ser interpretada pelo cantor, que faz show na capital baiana em maio, caso feche algum contrato de patrocínio com o Governo do Estado. A lei prevê uma multa de 50% do cachê do artista que assinar um contrato de patrocínio com o Estado e cantar música considerada ofensiva. Apesar de ter sido sancionada, o governo ainda não divulgou como a fiscalização da censura será efetivada. O que se especula é que uma comissão a ser criada terá essa função. Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D