quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Tropas e PMs em greve entram em confronto na Assembleia Legislativa

O clima voltou a ficar tenso na Assembleia Legislativa (AL), na tarde desta segunda-feira, 6, após agentes do Exército tentarem isolar o local com chapas de zinco. Os grevistas se reuniram para evitar a ação e, sem conflitos armados, os militares federais desistiram da ação.
Além de impedir a entrada de parentes dos grevistas, os soldados do exército também restringem a entrada de alimentos e água na Assembleia.
Conflitos - A ação de desocupação da Assembleia Legislativa da Bahia (AL), onde os policiais militares em greve estão acampados, é marcada pelo confronto desde a manhã desta segunda-feira (6). Familiares de policiais e PMs em greve, que estão do lado de fora da AL, e querem se juntar aos acampados, se desentenderam com o homens do Batalhão de Choque do Exército por mais de uma vez.
O confronto ocorreu quando o grupo tentou furar o cerco feito pelo Exército, Força Nacional, PM e Polícia Federal e foi impedido por um cordão humano formado com homens do Batalhão de Choque. Houve disparos de bala de borracha e soltaram gás de pimenta. Um manifestante ficou ferido no pé. Fonte: Atarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D