quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Brasil sofre com falta de enfermeiros no mercado de trabalho

Procuram-se enfermeiros, técnicos e auxiliares, mas nem sempre aparecem candidatos. “Eu acredito que a demanda dos profissionais tenha aumentado por consequência do número de leitos que nós temos hoje, pela gravidade dos pacientes que recebemos. Então, por mais que as escolas coloquem profissionais no mercado, ainda há um déficit bastante grande”, afirma a chefe de enfermagem Ana Cláudia Giffhorn.
Com vagas sobrando, Débora Sabino, enfermeira há oito anos, conseguiu dois empregos. “O mercado para mim está ótimo, mas eu sei que está faltando bastante enfermeiro”.
Em todo o país, trabalham 1,6 milhão de enfermeiros. Em relação à população, a proporção não chega a um profissional para cada mil habitantes.
Entre 40 países pesquisados, o Brasil que tem uma taxa semelhante a da Índia, ficou à frente apenas do Chile. Em primeiro lugar está a Islândia, com 15 enfermeiros para cada mil habitantes.
De acordo com a Associação Brasileira de Enfermagem, em algumas especialidades, a situação é ainda mais grave. Faltam profissionais nas unidades básica de saúde, e para cuidar de idosos. E conforme a população de um país envelhece, a necessidade de enfermeiros aumenta.
“A Região Sudeste é a campeã de escolas, a Região Sul também tem um grande número de escolas, mas elas ainda estão concentradas nas capitais e nos grandes centros”, afirma Carmem Cristina dos Santos, presidente nacional da Aben.
No Paraná, por exemplo, quem trabalha em cidades pequenas pode ganhar até o dobro do que receberia na capital. Em Curitiba, a carga horária vai passar de 40 para 30 horas semanais a partir de março.
Compartilhe : :

8 comentários:

  1. não sei onde isto ocorre, estou formado a mais de um ano e ate agora não consequi a primeira oportunidade de emprego. Estou a procura e de emprego se alquem poder me ajudar é so postar uma comentario

    ResponderExcluir
  2. tbm gostaria de saber em que lugar no Brasil precisa de enfermeira padrão, pois estou a procura.
    Por favor, onde????????
    Isso deve ser brincadeira..., mas não tem graça!!

    ResponderExcluir
  3. bom dia!
    preciso de um grande favor de vcs,sou enfermeira formada e desempregada,vi essa reportagem no dia 29/12/2011 no programa bom dia brasil falando sobre carencia de enfermeiros, e isso pra mim é novidade, mas a reportagem nao fala localidades,seria possivel me passarem essa informacao sobre as localidades de carencia,ficaria imensamente grata.
    aguardo anciosa por um retorno.
    grata desde já!
    atenciosamente!

    ResponderExcluir
  4. Não irão nos responder????????
    Onde falta enfermeiros?????????
    Por favor diga?????????
    ...é, foi só uma brincadeira sem graça!....
    que triste!

    ResponderExcluir
  5. É triste saber que tem pessoas que acham que existe idiotas no nosso BRASIL, a época das pessoas sem conhecimento já passou agora tem muitos em formação de conhecimento, acho que antes de publicar algo tão sério deveriam observar primeiro os que estão a procura de emprego e não é por que falta especialidade não, tem muitos que conheço que está fazendo pós-graduação e outros que estão fazendo outro tipo de especialização e estão sem emprego,
    Antes se falavam que faltavam enfermeiros no AMAZONAS, PARÁ, ACRE e que ganhavam muito bem, tenho uma conhecida que está no ACRE e está ganhando R$:1.300,00 reais, isto é um bom salário ?
    o autor desta informação inverídica poderia ter filtrado primeiramente as informações antes de postar uma inverdade que acaba denegrindo a imagem de quem concluiu a graduação e está desempregado,
    isto é lamentável,
    Boa tarde !

    Att, ENFERMEIRO DESEMPREGADO, porém PESQUISADOR DE UMA UNIVERSIDADE FEDERAL.

    ResponderExcluir
  6. Não se tem ainda um estudo apurado sobre a enfermagem e o mercado de trabalho, mas o que vejo é o largo crescimento de faculdades de enfermagem e mercado de trabalho superfaturado. Pode até ser que faltem enfermeiros, mas acho que se contrata menos do que seria para contratar, aumentando o desemprego, além de profissionais com dois ou mais empregos.

    ResponderExcluir
  7. Eles erraram pessoal, não é falta de enfermeiros, e sim de médicos, pois essa reportagem é totalmente surreal, mas já para a medicina ae sim, a situação se encaixa!

    ResponderExcluir
  8. Nas cidades do interior o salário para Enfermagem é pior que nos grandes centros, pagam bem para médicos, porém a Enfermagem é mal remunerada

    ResponderExcluir

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D