sábado, 19 de novembro de 2011

ONU: Brasil é país da América Latina com maior número jovens afrodescendentes

Mais de 24 milhões de jovens afrodescendentes vivem na América Latina, de um total de 81 milhões de afrodescendentes da região. O Brasil é o país latino-americano com a maior quantidade de jovens afrodescedentes – 22,5 milhões, o que representa 47% de toda a população jovem no país. Os dados têm por base o Censo Demográfico de 2000, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A constatação faz parte do relatório Juventude Afrodescendente na América Latina: Realidades Diversas e Direitos (des)Cumpridos, divulgado hoje (18) pelo Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa), em Salvador (BA).
A Colômbia é o segundo país latino-americano onde vivem mais jovens afrodescendentes: 1,1 milhão (11% de toda a população jovem do país).
Segundo o fundo, a juventude afrodescendente na América Latina é uma população majoritariamente urbanizada. Na Nicarágua, por exemplo, 88% desses jovens vivem nas cidades, enquanto os índices na Guatemala e no Panamá se mantêm bem próximos – 87% e 86%, respectivamente. A menor taxa foi registrada no Equador: 60%.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D