domingo, 13 de novembro de 2011

Fidel Castro diz que informe sobre Irã deixa mundo à beira de guerra nuclear

O informe sobre a dimensão militar do Irã, feito recentemente pela Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), coloca o mundo “à beira de uma guerra nuclear”, na avaliação do líder cubano, Fidel Castro, de 85 anos. O ex-presidente do país caribenho alertou, em artigo divulgado neste domingo (13) – intitulado “Cinismo Genocida” –, sobre a suposta intenção de Estados Unidos, Grã-Bretanha e Israel promoverem um ataque à nação asiática. "O estranho é que apenas a Otan deu por concluída a operação na Líbia (no final de outubro), a AIEA lançou um informe político, tarifado e sectário, que coloca o mundo à beira da guerra com uso de armas nucleares", afirmou Fidel. Para ele, a Aiea, que é um órgão das Nações Unidas (ONU), em vez de estar a serviço da paz mundial, apoia “a guerra atômica que o império ianque”. O socialista cita como exemplo de hostilidade difundida pelos EUA a forma da divulgação da morte do ex-ditador da Líbia, Muammar Kadafi. "Sobram palavras para caracterizar a política dos Estados Unidos", avaliou. Fonte: Bahia Notícias
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D