quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Rei pede ao papa que ajude a acabar com o desemprego


O rei Juan Carlos I da Espanha pediu nesta quinta-feira ao papa que ajude a acabar com o "intolerável" desemprego entre jovens e que mostre a eles os meios disponíveis para abrir seus caminhos em tempos que não são fáceis.
Minutos após o Pontífice aterrissar no aeroporto de Madri-Barajas, o monarca espanhol deu as boas-vindas a Bento XVI, que foi à Espanha para presidir os principais atos da Jornada Mundial da Juventude.
O rei ressaltou que a contribuição artística, cultural e religiosa do cristianismo é essencial para entender o "caráter histórico da Espanha". Na Espanha, ele encontrará "um país aberto ao mundo por sua história, língua e cultura; uma grande nação democrática, antiga e diversa, amante da paz, da liberdade e da justiça", disse o rei.
Segundo o monarca, a Espanha é uma nação com "uma juventude solidária", "a mais bem formada da história" do país, com um "sentimento profundo da solidariedade", que "inspira sentimentos de orgulho e de confiança no futuro".
No entanto, admitiu que "não são tempos fáceis para uma juventude que muitas vezes foi frustrada pela falta de horizontes na vida pessoal e profissional e que se revolta diante dos graves problemas que afligem o ser humano e o mundo de hoje".
"Nesse cenário se percebe uma profunda crise de valores. Os jovens necessitam não só de oportunidades, mas também do exemplo dos mais velhos; não só de razões, mas de atitudes que motivem e impulsionem sua existência e encorajem sua esperança", continuou o rei Juan Carlos.
Fonte: Atarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D