domingo, 5 de junho de 2011

Justiça pode retomar 7.000 lotes no Pará

Cerca de 7.000 lotes em 44 assentamentos do sudeste do Pará apresentam indícios de irregularidades e poderão ser retomados pela Justiça, segundo estimativa feita pela superintendência regional do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Marabá (PA). O número representa cerca de um terço do total de terras a serem inspecionadas pelo órgão nos próximos meses na área de conflito. Entre as possíveis irregularidades que serão investigadas estariam a venda ilegal de terras e a ocupação de áreas da reforma agrária por “laranjas” a serviço de madeireiros ou fazendeiros. Palco de massacres como o de Eldorado do Carajás, que resultou na morte de 19 sem-terra em 1996, o sudeste do Pará é uma das regiões mais violentas do país. No ano passado, registrou 14 das 18 mortes no campo ocorridas no Estado.
Fonte "política livre"
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D