sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Egito: povo comemora a renúncia do presidente Hosni Mubarak

Após 18 dias de protestos contra o governo, o presidente do Egito, Hosni Mubarak, renunciou ao cargo após 30 anos no poder e transferiu o comando do país para o Conselho Supremo das Forças Armadas, informou o vice-presidente, Omar Suleiman, durante uma transmissão na rede de televisão estatal.
"Por causa das atuais circunstâncias no país o presidente Hosni Mubarak decidiu renunciar, e o alto comando do exército está assumindo o controle do país", disse Suleiman. A multidão de manifestantes reunida na Praça Tahrir, no centro do Cairo, vibrou com a notícia.
Ontem à noite, Mubarak afirmou num discurso que estava delegando poderes a Suleiman, mas não renunciou ao cargo, enfurecendo os manifestantes, que continuaram com os protestos mesmo em meio a pedidos das autoridades para que todos voltassem para casa e ao trabalho. Mubarak estava no poder desde 1981.
Os protestos contra o governo egípcio começaram em 25 de janeiro e deixaram pelo menos 300 mortos e muitos outros detidos e feridos. As informações da Dow Jones e da Al-Jazira. O anúncio foi recebido com gritos de júbilo na praça de Tahrir, no Cairo, centro nervoso dos protestos das últimas semanas. Centenas de milhares de manifestantes viveram uma explosão de alegria com a notícia da renúncia do presidente, após 30 anos no poder. 
Fonte: A Tarde
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D