sábado, 22 de janeiro de 2011

Movimento quer inventor brasileiro do rádio incluído em currículos escolares

O padre brasileiro Landell de Moura, que inventou o rádio há mais de 100 anos, ainda não é apresentado nas escolas como um dos grandes idealizadores das telecomunicações. É justamente esse descuido histórico que o Movimento Landell de Moura (MLM) busca corrigir. A organização é formada por pesquisadores, jornalistas e entusiastas do rádio.Segundo um dos integrantes do movimento, o jornalista Eduardo Ribeiro, o abaixo-assinado eletrônico pedindo uma posição oficial sobre a reivindicação conseguiu, somente nessa sexta-feira (21), cerca de 300 assinaturas. O apoio cresceu devido à divulgação de informações sobre o inventor, por conta dos 150 anos de seu nascimento em Porto Alegre (RS).Mas as assinaturas no documento são pouco perto da “magnitude do movimento”, de acordo com Ribeiro. “O que realmente faz a diferença é a divulgação ampla, sobretudo pelos meios de comunicação”. Além disso, ele destaca as ações de reconhecimento pontuais feitas por órgãos públicos. Ontem, por exemplo, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) colocou em circulação um selo em homenagem ao padre.
Fonte: Agência Brasil
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D