domingo, 7 de novembro de 2010

Mãe de Santo agredida em Ilhéus, será recebida por Wagner

A mãe de santo Bernardete Souza Ferreira dos Santos, 42, diz ter sido vítima de uma sessão de tortura cometida por oito policiais militares. O fato teria ocorrido no dia 23 de outubro, no assentamento Dom Helder Câmara, situado no distrito de Banco do Pedro, em Ilhéus. Bernardete conta que estava em sua casa no assentamento, em companhia do marido, o professor de Filosofia Moacir Pinho de Jesus. Foi quando chegaram os policiais, com um jovem algemado. O casal indagou sobre o motivo da presença dos PMs na área, que é federal e, portanto, de atuação limitada à Polícia Federal e ao Exército. Ela solicitou a retirada dos policiais quando o PM que comandava a operação, identificado como Adjailson, ordenou a prisão da mãe de santo por desacato. Neste momento, Bernardete conta que incorporou seu orixá, Oxóssi, e não tem mais consciência do que veio a ocorrer, somente pelo que lhe foi relatado. Segundo testemunhas, a mãe de santo foi pisada em seu pescoço, ao chão, em cima de um formigueiro. Bernadete será recebida na próxima quarta-feira (10), em Salvador, pelo governador Jaques Wagner. Segundo informações, o governador exigiu apuração rigorosa do caso. Bernardete também está sendo acompanhada pela OAB.
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D