segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Como se preparar para um concurso

Um candidato quando se interessa por um concurso público costuma reparar no salário e cargo oferecidos e a cidade onde pode vir a trabalhar. Volta para a sala de aula, passa a estudar três horas por dia no mínimo.
Dificilmente alguém vai ser aprovado numa prova sem estudar. Mas muitas vezes os candidatos deixam de prestar atenção em algumas exigências que são importantes para garantir uma vaga e de nada adianta tanta dedicação aos livros e às apostilas
Leia atentamente o edital.
Veja se o concurso é para contratação imediata. Se for para vaga reserva, o aprovado é obrigado a esperar que abra uma oportunidade. Nesses casos, o concurso vale só por dois anos.
Veja também se além da formação escolar são exigidos outros cursos. Pode ser que haja mais provas.
“Outros concursos exigem também os testes de aptidão física os testes de aptidão psicológica. Outros pedem até antecedentes criminais, outros pedem provas práticas de digitação, prova oral”, alerta Mônica Ferreira Nunes, coordenadora pedagógica.
Escolhido o concurso. O que estudar? Quem tem nível fundamental e médio deve se dedicar a disciplinas básicas como matemática.
Candidatos que terminaram a universidade atenção ao direito administrativo e constitucional.
E um conselho que vale para todo mundo: caprichar na redação.
Mas cuidado na hora de escrever.
- não ultrapasse o tamanho recomendado na prova.- seja claro: o texto precisa ter começo, meio e fim.- e atenção à sua letra.
“Quando um examinador vai corrigir uma redação que esta difícil a leitura obviamente que ele vai ser prejudicado, então caderno de caligrafia na mão e vamos treinar a letra também. É fundamental”, alerta.
Num cursinho preparatório com cerca de 500 alunos as aulas de português estão entre as mais importantes. “Ele estudar a parte de interpretação textual e acima de tudo focar na cobrança da norma culta, estudar concordância, regência e pontuação. Garantir o acerto de 80, 90% na prova de português faz toda a diferença num concurso”, afirma Renata Tossetto, professora.
Organize seu tempo. Estude em casa, mesmo que você esteja num cursinho.
Mantenha o foco. Não adianta se inscrever para tudo quanto é concurso. Isso não vai ajudar.
“O candidato vai ter sempre disciplinas com mais afinidade, são disciplinas em comum, em cima disso ele consegue focar mais no seu estudo, e assim tem mais chance de entrar”, diz Marco Carboni, coordenador de cursos fiscais.
Alguns dos concursos previstos para 2011:
IBGE, Petrobras, INSS, Polícia Federal, PMSP - São Paulo Receita Federal, TRE, Correios, CEF - Caixa Econômica Federal, Banco Central, BB, Superior Tribunal Militar (STM), Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ/RJ), Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE/RJ), Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), Tribunal Regional do Mato Grosso (TRT/MT), Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, (TRE/PE)Tribunal Regional do Trabalho 6ª Região (TRT 6ª Região).

Fonte: JH
Compartilhe : :

0 comentários:

Postar um comentário

 

Professor Borges Todos os direitos reservados © 2017 Ulisses D